Paulo Autuori é o novo técnico do Atlético Nacional, da Colômbia

O brasileiro de 62 anos estava sem clube desde o início de outubro, quando deixou o Ludogorets, da Bulgária

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 02 (AFI) - O Atlético Nacional, da Colômbia, anunciou a contratação do técnico Paulo Autuori. O anúncio foi feito através do site oficial do clube. O técnico de 62 anos estava sem clube desde o início de outubro, quando deixou o Ludogorets, da Bulgária.

O treinador brasileiro ainda levará dois integrantes para a sua comissão, mas os nomes não foram revelados. Nesta quinta-feira, o clube colombiano sagrou-se campeão da Copa Águila, semelhante à Copa do Brasil. A conquista foi sob o comando do interino Hernán Darío Herrera, que substituía o argentino Jorge Almirón, demitido em agosto. No anúncio, o Atlético ainda afirmou que Hernán auxiliará Paulo Autuori no inícios dos trabalhos.

SITUAÇÃO NO CAMPEONATO COLOMBIANO

Na Liga Águila, como é chamado o Campeonato Colombiano, o Atlético Nacional está na sétima colocação com 28 pontos, sete a menos do que o líder La Equidad. Os oito melhores avançam para o mata-mata e o campeão garante vaga na Libertadores.

"De nosso novo treinador ressaltamos seu estilo de jogo, seu interesse por impulsionar as divisões menores, sua forma de trabalho que se adapta à metodologia empregada pelo Atlético Nacional e, em especial, a firme convicção de executar um projeto esportivo baseado na construção de processos, adaptando-se à história e circunstâncias do Atlético Nacional", destacou o clube no anúncio.
CARREIRA
O Atlético Nacional será o 13º time dirigido por Autuori no exterior. Além do Ludogorets, dirigiu Benfica, Vitória de Guimarães, Nacional da Madeira, Marítimo, Alianza Lima, Sporting Crystal, seleção do Peru, Kashima Antlers, Cerezo Osaka, Al Raiyan e as seleções olímpica e principal do Qatar.
Campeão de duas Libertadores e um Mundial, acumula ainda passagens pelos seguintes clubes brasileiros: São Paulo, Cruzeiro, Botafogo, Atlético-PR, Flamengo, Internacional, Santos, Grêmio, Vasco, Atlético-MG. Teve uma breve passagem como diretor no Fluminense antes de ir para a Bulgária.
 
 
" />