Ainda sem Messi e com Kannemann, Argentina é convocada para amistosos com México

Após uma Copa do Mundo abaixo do esperado, Messi só deverá voltar a vestir as cores argentinas no ano que vem

por Agência Estado

São Paulo, SP, 01 - A Argentina foi convocada nesta quinta-feira para seus próximos dois amistosos, ambos com o México. Ainda sem seu maior craque, Lionel Messi, o técnico Lionel Scaloni voltou a dar oportunidade ao zagueiro gremista Kannemann, um dos 30 nomes citados na lista para os jogos de 16 e 20 de novembro, em Córdoba e Mendoza, respectivamente.

Não foi desta vez que Messi voltou à seleção. Após a decepcionante campanha que terminou nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, o craque conversou com Scaloni e definiu que tiraria um período sabático da seleção. Com isso, ele só deverá voltar a vestir as cores argentinas no ano que vem.

AUSÊNCIAS IMPORTANTES
Mas Messi não é a única ausência sentida nesta convocação. Como já vinha fazendo, Scaloni deixou alguns medalhões fora da lista. No setor ofensivo, as baixas mais sentidas são as de Di María, do Paris Saint-Germain, Agüero, do Manchester City, e Higuaín, do Milan.

Chance, novamente, para jovens valores argentinos mostrarem serviço. Como na lista anterior, da vitória sobre o Irã e derrota para o Brasil, Scaloni lembrou de garotos como Rodrigo de Paul, de 24 anos, Giovanni Simeone, de 23, Santiago Ascacíbar e Lautaro Martínez, de 21, entre outros. Kannemann também recebeu nova oportunidade.

Messi ficou fora da convocação de Scaloni (Foto: Divulgação/Argentina)
Messi ficou fora da convocação de Scaloni (Foto: Divulgação/Argentina)

Há também jogadores que voltaram a ser convocados após um período afastados da seleção, como o goleiro Agustín Marchesín, o zagueiro Emanuel Mammana e o meia-atacante Lamela. O único estreante é o meio-campista Matías Zaracho, do Racing.

Confira a convocação da seleção argentina:

Goleiros: Sergio Romero (Manchester United), Gerónimo Rulli (Real Sociedad) e Agustín Marchesín (América-MEX).

Defensores: Ramiro Funes Mori (Villarreal), Germán Pezzella (Fiorentina), Renzo Saravia (Racing), Nicolás Tagliafico (Ajax), Nicolás Otamendi (Manchester City), Walter Kannemann (Grêmio), Gabriel Mercado (Sevilla), Emanuel Mammana (Zenit) e Juan Foyth (Tottenham).

Meio-campistas: Marcos Acuña (Sporting-POR), Maximiliano Meza (Independiente), Franco Vázquez (Sevilla), Giovani Lo Celso (Betis), Leandro Paredes (Zenit), Santiago Ascacibar (Stuttgart), Rodrigo Battaglia (Sporting-POR), Matias Zaracho (Racing) e Roberto Pereyra (Watford).

Atacantes: Rodrigo De Paul (Udinese), Franco Cervi (Benfica), Ángel Correa (Atlético de Madrid), Paulo Dybala (Juventus), Giovanni Simeone (Fiorentina), Lautaro Martínez (Inter de Milão), Mauro Icardi (Inter de Milão), Eduardo Salvio (Benfica) e Erik Lamela (Tottenham).

 
 
" />