Em estreia de técnico, Japão bate Costa Rica por 3 a 0; Chile empata com a Coreia

Após confronto cancelado entre as seleões por causa de um terremoto, as equipes voltaram a campo nesta terça-feira

por Agência Estado

São Paulo, SP, 11 - Atuando pela primeira vez sob o comando do técnico Hajime Moriyasu, a seleção japonesa venceu a Costa Rica por 3 a 0, nesta terça-feira, em Osaka, no Japão, em amistoso deste novo ciclo da equipe nacional após a participação do país na Copa do Mundo da Rússia.

Eliminada pela Bélgica nas oitavas de final do Mundial de 2018, a seleção nipônica foca neste momento a sua preparação para a Copa da Ásia, que será realizada em janeiro, e mostrou força diante dos costa-riquenhos. Primeiro abriu o placar com um gol de Sho Sasaki, aos 16 minutos do primeiro tempo, e na etapa final ampliou para 3 a 0 com Takumi Minamino, aos 19, e Junya Ito, no finzinho do duelo, balançando as redes.

ESTREIA ADIADA
A estreia de Moriyasu à frente da seleção japonesa era para ter ocorrido na última sexta-feira, em amistoso contra o Chile, em Sapporo, capital da província de Hokkaido, mas o confronto acabou sendo cancelado por causa de um terremoto que atingiu 6,7 graus na escala Ritcher no norte do Japão, no dia anterior. O epicentro do tremor ocorreu a 40 quilômetros de profundidade ao leste do município de Atsuma, na cidade de Abira, e atingiu o nível 6 em Chitose, ao sudeste de Sapporo.

De acordo com a Associação de Futebol do Japão, a decisão de cancelar o jogo foi motivada por danos na infraestrutura de Sapporo, cidade que abrigaria o duelo entre japoneses e chilenos e também sofreu com os efeitos do terremoto. Além disso, o forte tremor provocou mortes e isso também colaborou para que a partida fosse cancelada.

Seleção Japonesa derrotou a Costa Rica por 3 a 0 em jogo tranquilo (Foto: Divulgação/Costa Rica)
Seleção Japonesa derrotou a Costa Rica por 3 a 0 em jogo tranquilo (Foto: Divulgação/Costa Rica)

SELEÇÃO CHILENA
O Chile, por sua vez, entrou em campo em outro jogo já encerrado nesta data reservada pela Fifa para amistosos. Atuando em Suwon, cidade próxima a Seul, os chilenos empataram por 0 a 0 com a Coreia do Sul. Os sul-coreanos também utilizaram o amistoso como preparação para a Copa da Ásia.

Apesar da ausência de gols, o jogo foi bastante movimentado. Porém, faltou competência aos dois ataques, sendo que o Chile atuou desfalcado de seu principal nome ofensivo, Alexis Sánchez. Substituído por Hernández na parte final do segundo tempo, o meio-campista Arturo Vidal jogou como titular, mas também passou em branco.

POLÊMICA
Antes da partida, o meio-campista chileno Diego Valdés se desculpou pelo seu envolvimento em uma polêmica. Ele fez um gesto considerado racista ao colocar os seus dedos nos olhos ao posar para uma foto com um torcedor sul-coreano na segunda-feira. O gesto foi amplamente divulgado pela imprensa da Coreia do Sul e o fato motivou o atleta a se manifestar oficialmente.

Por meio de sua conta no Instagram, o jogador que defende o Morelia, do México, afirmou: "Em relação a esta fotografia que está nas redes sociais, nunca foi minha intenção (ser racista) e peço desculpas se alguém se sentiu ofendido com a situação".

 
 
" />