SUPERCOPA DA FRANÇA: Com Neymar de volta, PSG goleia Monaco e é campeão

Di Maria (duas vezes), Thimoty Weah e Nkunku marcaram os gols do jogo. O craque brasileiro só entrou na reta final da partida

por Agência Estado

Campinas, SP, 04 (AFI) - Após cinco meses afastado da equipe por causa de uma fratura no quinto metatarso do dedo do pé direito, Neymar voltou a vestir a camisa do Paris Saint-Germain, neste sábado, em Shenzhen, na China, durante a disputa do título da Supercopa da França. O atacante brasileiro entrou aos 31 minutos da etapa final e o PSG goleou por 4 a 0 o Monaco com gols de Di Maria (duas vezes), Thimoty Weah e Nkunku.

Neymar ficou no banco de reservas ao lado do zagueiro Marquinhos, que entrou aos 19 minutos da etapa final - o também zagueiro e capitão Thiago Silva foi o único brasileiro a iniciar a disputa, mas foi substituído aos 28 do segundo tempo. Os três jogadores se apresentaram apenas esta semana e o técnico alemão Thomas Tuchel afirmou que não queria correr "riscos" com a escalação precoce de importantes jogadores. O treinador ganhou a sua primeira taça no comando do time.

Quando Neymar entrou em campo, a vantagem já era de 3 a 0 para o Paris Saint-Germain. O camisa 10 ficou com a vaga do italiano Marco Verratti e tentou algumas jogadas tímidas. O astro Mbappé, campeão mundial com a seleção francesa na Rússia, ainda nem se apresentou ao PSG. O lateral-direito Daniel Alves ainda se recupera da cirurgia no joelho a que foi submetido antes da Copa do Mundo.

Já o experiente goleiro italiano Buffon, que veio da Juventus, fez a sua estreia oficial pelo Paris Saint-Germain e demonstrou que continua em boa forma física e técnica.

Além da boa atuação do argentino Di Maria, o jogo teve como destaque o primeiro gol profissional marcado por Timothy Weah, filho do craque liberiano George Weah, atual presidente de seu país. O atleta de 18 anos nasceu em Nova York, nos Estados Unidos. Ele assinou contrato no ano passado com o Paris Saint-Germain.

Com mais esta conquista, o Paris Saint-Germain acumula seis títulos consecutivos da Supercopa da França. O clube ganhou também nos anos de 1995 e 1998. O jogo foi disputado no estádio da Universidade de Shenzhen e visto por 41.237 espectadores.

Esta foi a segunda vez que a decisão do torneio foi disputada na China. Há 10 anos que a Supercopa da França é disputa fora do país. Canadá (duas vezes), Marrocos (duas vezes), Tunísia, Estados Unidos, Gabão e Áustria já foram sedes do jogo decisivo.

O Paris Saint-Germain estreia no Campeonato Francês no próximo dia 12, domingo, em casa, às 16 horas (de Brasília), diante do Caen, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris. O Monaco joga um dia antes contra o Nantes como visitante.

 
 
" />