Jogo na Grécia é suspenso após dono do PAOK invadir campo armado e ameçar árbitro

Jogo ficou parado por mais de duas horas e foi encerrado sem que a torcida soubesse se o gol foi validado ou não

por Agência Estado

São Paulo, SP, 12 - A anulação de um gol perto do final de uma partida do Campeonato Grego neste domingo entre o líder AEK e seu perseguidor PAOK, que era o mandante da partida, gerou uma invasão do campo pelo dono da equipe da casa, que estava com uma arma.

O português Fernando Varela marcou aos 45 minutos do segundo tempo para colocar o PAOK em vantagem de 1 a 0, em Tessalonica. O árbitro chegou a validar o gol, mas depois o anulou por indicação de impedimento.

Dirigente grego põe a mão atrás da calça como a tirar uma pistola
Dirigente grego põe a mão atrás da calça como a tirar uma pistola
INVASÃO INTIMIDATÓRIA
Então, o proprietário do PAOK, o empresário Ivan Savvidis, invadiu duas vezes o campo, acompanhado por seguranças pessoais. Na segunda ocasião, como o empresário estava sem o casaco que usava na primeira vez, foi possível ver que ele estava com uma pistola.

Em nenhum momento Savvidis fez qualquer movimento que indicasse que ele iria usar a arma.

Dirigentes do AEK asseguraram que Savvidis ameaçou o árbitro durante sua primeira entrada no campo, antes de ser retirado. Eles afirmam que o empresário também lançou ameaças contra o gerente de operações da AEK, Vassilis Dimitriadis.

O AEK anunciou que apresentará uma queixa à Fifa e à Uefa, os órgãos gestores do futebol no mundo e na Europa, respectivamente.

AINDA DÁ PINTA DE BONZINHO

"Depois do que aconteceu hoje, o presidente da PAOK, Ivan Savvidis, prepara todos os procedimentos necessários para proteger a equipe e seus colaboradores das ameaças e ataques aos quais foi submetido. Em breve teremos anúncios relevantes a oferecer sobre o assunto", informou o PAOK em um comunicado.

A partida foi finalmente suspensa após duas horas do início da confusão e os torcedores deixaram o estádio. Juntamente com a confusão, há afirmações de que o árbitro Giorgos Kominis validou o gol.

Por isso, o placar no momento da suspensão ainda é desconhecido e será conhecido apenas com a divulgação do relatório do árbitro. Antes do início do jogo, o AEK tinha cinco pontos de vantagem para o PAOK na liderança do Campeonato Grego.

 
 
" />