COPA DO REI: Sevilla espanta a zebra Leganés, vence em casa e avança à final

Valencia e Barcelona decidem a outra vaga na final nesta quinta-feira

por Agência Estado

Campinas, SP, 08 - O Sevilla é o primeiro finalista da Copa do Rei. Nesta quarta-feira, pela rodada de volta das semifinais, o time de Sevilha recebeu o Leganés no estádio Ramón Sánchez Pizjuán e ganhou por 2 a 0, espantando a maior zebra da competição - na fase anterior, o modesto time da região metropolitana de Madri havia eliminado o poderoso Real Madrid, em pleno estádio Santiago Bernabéu. Na ida houve empate por 1 a 1.

Agora, o Sevilla, que mais uma vez não teve em campo o meia Paulo Henrique Ganso e o lateral-esquerdo Guilherme Arana, aguarda o vencedor do confronto da outra semifinal entre Valencia e Barcelona, que será nesta quinta-feira, às 18h30 (de Brasília), no estádio Mestalla, em Valência. Na ida, o clube catalão venceu por 1 a 0, no estádio Nou Camp.

A vitória nesta quarta-feira levou o Sevilla à sua nona final na história da Copa do Rei, sendo que já foi campeão em cinco oportunidades. Por outro lado, o Leganés não conseguiu fazer mais uma vítima em sua impressionante campanha, pois antes do Real Madrid já havia eliminando Valladolid e Villarreal.

Em campo, os donos da casa se postaram bem na primeira etapa, fazendo marcação pressão, e abriram o placar logo aos 15 minutos de partida. Muriel carregou a bola pela direita, invadiu a área e tentou chutar. A defesa tentou tirar, mas a bola voltou para os pés do atacante, que, mesmo deitado, deu o passe para Correa chutar e marcar.

A vantagem deu mais tranquilidade ao Sevilla, que pôde explorar mais os contra-ataques. O Leganés buscou as jogadas ofensivas, mas pouco incomodou o goleiro Rico. Assim, o jogo chegou aos minutos finais e, com os espaços dados pelo time visitante, o clube de Sevilha marcou o segundo gol aos 44. Após erro da zaga, a bola sobrou para Vázquez mandar para as redes e comemorar a classificação à decisão da Copa do Rei, que será no dia 21 de abril, em local a ser determinado pela Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol).