Ex-técnico do São Paulo é demitido da Arábia Saudita e deve ficar fora da Copa

Na atual temporada, o argentino Edgardo Bauza já tinha fracassado no comando das Seleções Argentina e do Emirados Árabes Unidos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - Após apenas três jogos à frente da Seleção da Arábia Saudita, Edgardo Bauza foi demitido. O comunicado foi feito pela federação de futebol do país nesta terça. Com isso, o treinador que, recentemente, dirigiu o São Paulo, deve perder de vez a oportunidade de disputar a Copa do Mundo da Rússia, no próximo ano.

Edgardo Bauza soma três demissões de seleções no ano
Edgardo Bauza soma três demissões de seleções no ano

A gota d'água para os dirigentes árabes parece ter sido a derrota no amistoso desta segunda, para Bulgária, pelo placar de 1 a 0. Fora esta partida, Bauza comandou o time em outros dois jogos, tendo perdido para Portugal, por 3 a 0, e vencido a Letônia, por 2 a 0.

Com mais esta demissão, o técnico contabiliza seu terceiro revés no ano. Só em seleções! Isto, pois, é válido lembrar que em 2017 o argentino já dirigiu a seleção de seu pais, além dos Emirados Árabes Unidos.

TINHA MORAL...
Em 2016, Edgardo Bauza chegou respaldado ao São Paulo após ter levando o San Lorenzo a inédita conquista da Libertadores, em 2014. No Tricolor, ele comandou um time que oscilava bastante, chegando a semifinais da Libertadores, mas tendo um desempenho aquém da expectativa no Campeonato Brasileiro.

SEM BRILHO!
Em agosto de 2016, ele deixou o clube brasileiro para comandar a Argentina. Porém, o desempenho foi péssimo. O treinador deixou a seleção de sua terra natal em situação complicada nas Eliminatórias Sul-Americanas, o que quase custou a vaga na Copa. Nos Emirados Árabes, o desempenho foi idêntico ao obtido na Arábia, o qual impossibilitou o país de ir para a Rússia.