TRAGÉDIA! Confusão em jogo de futebol mata 73 pessoas no Egito

O número de feridos ultrapassa a marca de mil segundo a polícia

por Agência Estado

Campinas, SP, 01 (AFI) - Distúrbios num jogo de futebol do Campeonato Egípcio provocaram nesta quarta-feira a morte de pelo menos 73 pessoas, informaram as autoridades do país. A tragédia aconteceu na cidade de Port Said, na região nordeste do Egito, durante a partida entre as equipes do Al Masry e Al Ahly.

"É o maior desastre da história do futebol egípcio", disse o ministro da Saúde, Hesham Sheiha, ao confirmar a morte de 73 pessoas durante a confusão no estádio em Port Said. Segundo as primeiras informações policiais, o número de feridos ultrapassa a marca de mil pessoas.

Os detalhes e as causas da tragédia ainda não foram esclarecidos pela polícia egípcia. A confusão começou ainda durante a realização do jogo, quando o time local, o Al Masry, vencia o Al Ahly, um dos clubes mais tradicionais e famosos do Egito, pelo placar de 3 a 1.

Algumas imagens da televisão egípcia mostram grande parte dos torcedores do Al Masry invadindo o gramado enquanto os jogadores do time adversário tentavam fugir para o vestiário. A torcida local também teria atacado os fãs do Al Ahly que estavam no estádio em Port Said.

Por conta da tragédia, a Federação Egípcia de Futebol suspendeu a realização do campeonato nacional por tempo indeterminado. Segundo a imprensa local, o parlamento do país já teria convocado uma reunião emergencial para discutir o caso da violência no jogo em Port Said.