TRAGÉDIA! Zagueiro é assassinado com tiro na cabeça

por Teste

Campinas, SP, 07 (AFI) - O zagueiro do Pumas-MEX, Guillermo Ademir Meza, de apenas 21 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça ao tentar evitar que seu carro fosse roubado perto das instalações do clube, na Cidade do México, segundo revelou nesta sexta-feira a Procuradoria Geral de Justiça.

Confira também:
Time da Série C apresenta dois atacantes de uma vez só

Após seguirem o jogador com um táxi, os supostos assaltantes tentaram fechar sua passagem. Uma discussão começou e, então, um deles atirou. Meza completaria 22 anos na próxima semana.

Em seu site oficial, o Pumas divulgou uma nota afirmando que "lamenta o falecimento de nosso companheiro e amigo Guillermo Ademir Meza Moreno e se une ao sentimento de tristeza que une seus familiares, amigos e torcedores".

Este é o terceiro caso grave envolvendo jogadores de futebol no México desde o início deste ano. Em janeiro, o atacante paraguaio Salvador Cabañas, do América, sofreu um tiro na cabeça após brigar em um bar. Quase uma semana depois, Juan Carlos Silva também foi ferido por uma bala.