Argentina: Rosario Central cai e torcida promove quebra-quebra

por Teste

São Paulo, SP, 23 (AFI) - Após 23 anos na elite do Campeonato Argentino, o Rosario Central acabou rebaixado à Segunda Divisão neste domingo. No jogo de volta da repescagem do Torneio Clausura, contra o All Boys, o time perdeu por 3 a 0, depois de ter empatado por 1 a 1 na ida. A derrota revoltou os torcedores do Rosario no Gigante de Arroyito e uma grande confusão se seguiu após a partida.

Confira:
Muito mais que rolou no Mundo


A torcida da equipe rebaixada promoveu quebra-quebra dentro e fora do estádio. Informações dão conta de que ao menos 20 pessoas ficaram feridas, incluindo policiais. Para tentar controlar os torcedores, a polícia argentina chegou a usar balas de borracha e gás lacrimogêneo. Já a torcida do All Boys, que volta à primeira divisão após 30 anos, deixou o Arroyito sem problemas.

Péssimo momento
A queda do Rosario confirma o péssimo momento que atravessa o clube, já que na Argentina o rebaixamento é definido pela média de pontuação do time nas últimas três temporadas, sendo assim três Torneios Clausura e mais três Apertura. A equipe, quatro vezes campeã nacional, havia sido rebaixada pela última vez em 1984.

Além do Rosário, Chacarita e Atlético Tucuman são os outros dois times que disputarão a segunda divisão no segundo semestre do ano. Já o Gimnasia La Plata escapou da queda na repescagem, ao vencer o Atlético Rafaela por 3 a 1 neste domingo, em casa, depois de ter perdido na ida por 1 a 0. Olimpo e Quilmes, por sua vez, conseguiram o acesso de forma direta à elite.