Luto! Morre no RJ volante que pintou como craque nos anos 70 no Fluminense

Drufrayer, de 64 anos, estava há algum tempo sofrendo com um câncer nos ossos e não resistiu

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 31 (AFI) - Um jogador que surgiu como grande promessa dos anos 1970 faleceu, nesta quarta-feira (31), no Rio de Janeiro. Trata-se de Drufrayer, de 64 anos, que já estava há algum tempo sofrendo com um câncer nos ossos e não resistiu.

Drufrayer faleceu nesta quarta-feira (31)
Drufrayer faleceu nesta quarta-feira (31)
Drufrayer surgiu com grande destaque nas categorias de base do Fluminense nos anos de 1970 e era apontado como presença certa na equipe profissional do tricolor carioca, que contava com grandes jogadores na época. Porém, quando foi promovido, não conseguiu corresponder a altura. Para muitos, a questão física atrapalhou o desenvolvimento de Drufrayer.

Nascido no Rio de Janeiro, no dia 03 de fevereiro de 1957, Luis Carlos Drufrayer conquistou nas categorias de base do Fluminense inúmeros títulos, alguns até internacionais. Também foi capitão da conquista tricolor da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 1977.

Volante clássico que jogava de cabeça erguida, não conseguiu espaço no Fluminense e foi emprestado para várias equipes como Serrano-RJ, América-SP, Niterói-RJ, Botafogo-BA e Uracan-MG, onde encerrou a carreira.

Era apontado como uma das principais revelações do Fluminense nos anos 70
Era apontado como uma das principais revelações do Fluminense nos anos 70
Após pendurar as chuteiras, seguiu tendo sua vida ligada ao time carioca participando de eventos que reunia ex-atletas do Tricolor das Laranjeiras. Morou em vários países e atualmente, aposentado, vivia em condição financeira segura na capital carioca.