Luto! Após AVC, ex-companheiro de Pelé tem morte cerebral confirmada

Velório será aberto, com restrições por causa da pandemia de Covid-19, a partir das 9 horas desta quarta-feira

por Agência Futebol Interior

Cuiabá, MT, 17 (AFI) - O futebol brasileiro está de luto e um tanto mais feio! Morreu, nesta terça-feira, Beleza, ex-companheiro de Pelé no Santos na década de 70. Aos 69 anos, Luiz Carlos José da Silva teve um AVC no domingo e chegou a ir para a UTI, mas teve morte cerebral confirmada.

Ele estava internado no Hospital São Mateus, em Cuiabá. O velório será aberto, com restrições por causa da pandemia de Covid-19, a partir das 9 horas desta quarta-feira, no Centro Comunitário do CPA I.

Futebol está de luto! (Foto: Reprodução)
Futebol está de luto! (Foto: Reprodução)

"O Mixto Esporte Clube vem a público nesta terça-feira, dia 17 de novembro de 2020, externar o mais profundo sentimento de pesar pelo falecimento do ex-jogador e ídolo do Tigre da Vargas Luiz Carlos Beleza. O Mixto se solidariza e manda condolências aos familiares e amigos neste momento de muita dor", escreveu o clube mato-grossense nas redes sociais.

ÍDOLO!
Beleza atuou com Pelé no Santos na década de 70. Foi justamente Edson Arantes do Nascimento que apelidou o ex-lateral de Beleza. No Peixe, ele chegou para ser reserva de Carlos Alberto Torres. O ex-jogador, natural do Rio de Janeiro, também tem passagem marcante pelo Mixto.

Ídolo do clube, ele foi tetracampeão mato-grossense (1979, 1981, 1982 e 1984). Ele ainda passou por América-MG, Caldense, Operário-VG, União-MT e Dom Bosco, onde se aposentou em 1986. Tudo começou, porém, no Botafogo, quando Beleza foi comandado por Zagallo. Atualmente, Beleza trabalhava em um projeto social na periferia de Cuiabá.