Ex-atacante do Corinthians questiona candidatos de SP sobre dependência química

Bruno Covas e Guilherme Boulos foram questionados, mas ainda não responderam ao ex-jogador

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 16 (AFI) - Ex-atacante de Corinthians e Seleção Brasileira, o atual comentarista da TV Globo usou as redes sociais para questionar o plano de governo dos dois candidatos a prefeito de São Paulo. Estão no segundo turno Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL). A dúvida do ex-atleta é sobre projetos envolvendo pessoas que sofrem com dependência química.

"Olá, beleza? Sou dependente químico em recuperação e para isso fiquei internado 1 ano, sei que os tratamentos eficazes são caros e nem todos têm essa condição. Você tem algum projeto para ajudar os dependentes químicos, principalmente os da Cracolândia? Obrigado", postou Casagrande na conta de ambos os postulantes a prefeito de São Paulo.

Casagrande bate na tecla sobre dependência química
Casagrande bate na tecla sobre dependência química

EXPLICA NAS REDES
Ainda nas redes sociais, o ex-atacante explicou:

"Não sei se todos notaram, mas mandei a mesma questão, uma preocupação particular, para os dois candidatos a prefeitura de São Paulo, cidade que nasci, amo, moro e morei grande parte da minha vida, que foram ao segundo turno das eleições desse ano."

Vale lembrar que Casagrande sofreu com dependência química e chegou a ser tratado em uma casa de reabilitação devido ao uso de heroína e cocaína. O ex-atacante recebeu alta e iniciou sua trajetória na TV Globo em 2009 e desde então faz uso controlado dos medicamentos.

CRACOLÂNDIA!
Cracolândia é conhecida como a 'terra do crack'. Ela ocupa uma determinada área no centro de São Paulo e estima-se que moram aproximadamente quase 2 mil pessoas em situação de rua, em sua maioria dependentes químicos e traficantes.

TITE NÃO ACREDITA EM LONGEVIDADE NA SELEÇÃO