Luto! Vítima do COVID 19, morre ex-zagueiro do Cruzeiro e Palmeiras

Marquinhos faleceu na madrugada, em Uberaba, no Triângulo Mineiro

por Agência Futebol Interior

Uberaba, MG, 16 (AFI) – O futebol brasileiro perdeu nesta sexta-feira mais um personagem vitimado pela COVID 19. Morreu na madrugada, em Uberaba, no Triângulo Mineiro, o ex-zagueiro Marquinhos, de 65 anos e que teve destaque no Palmeiras e Cruzeiro-MG nos anos 1970/80.

Marquinhos no Cruzeiro em 1977
Marquinhos no Cruzeiro em 1977
Batizado Marcos José Ferreira e nascido no dia cinco de maio de 1955, Marquinhos era um zagueiro canhoto de boa complexidade física, bom posicionamento e viril, tendo sido revelado pelo Nacional de Uberaba. Logo depois, seguiu para o bom time do Uberaba que fez sucesso nos Campeonatos Mineiro e Brasileiro nos anos 1970, chamando a atenção de grandes times do Brasil.

Até os dias de hoje Marquinhos é apontado como um dos melhores jogadores da história do Uberaba, equipe de tradição no interior mineiro e que se prepara para as disputas da Segunda Divisão de Minas Gerais (equivalente a A3 em São Paulo).

MARQUINHOS “CAVALÃO” ESTEVE NO CRUZEIRO E NO PALMEIRAS
Chamado por alguns de Marquinhos “Cavalão”, esteve no Cruzeiro atuando ao lado de jogadores da expressão como Nelinho, Joãozinho, Eduardo Amorim, entre outros.

Em 1981 transferiu para o Palmeiras e teve uma boa passagem quando o time paulista saiu da Taça de Prata para a Taça de Ouro.

Marquinhos, o quarto em pé, no Palmeiras de 1981
Marquinhos, o quarto em pé, no Palmeiras de 1981
Depois do Palmeiras, o zagueiro Marquinhos vestiu a camisa de outras equipes, como Bahia-BA, Mixto-MT e até mesmo no Orlândia, disputando a Segunda Divisão Paulista de 1986.

MARQUINHOS DAVA AULA EM ESCOLINHAS DE FUTEBOL
Ao encerrar a carreira, voltou a residir em Uberaba onde trabalhava em escolinhas de futebol para garotos.

Marquinhos será enterrado na tarde desta sexta-feira em Uberaba em cerimônia restrita aos familiares.