Luto! Morre goleiro que marcou época em Minas Gerais e no São Paulo

O goleiro ficou marcado por defender um pênalti na partida de abertura do Mineirão, em amistoso contra o River Plate, da Argentina

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 07 (AFI) - O ex-goleiro Fábio, que chegou a jogar na Seleção Brasileira nos anos 1960, foi cremado nessa segunda-feira em Belo Horizonte. Fábio tinha 80 anos e faleceu no domingo vitimado de um câncer no intestino.

Goleiro Fábio, no time do São Paulo de 1966
Goleiro Fábio, no time do São Paulo de 1966
Em 1966, Fábio era cotado para ser um dos goleiros da Seleção Brasileira na Copa da Inglaterra, mas acabou ficando de fora. Fábio ficou marcado como o goleiro da Seleção Mineira na inauguração do estádio do Mineirão, em 1965, tendo defendido um pênalti na partida contra o River Plate da Argentina.

TUDO SOBRE O GOLEIRO FÁBIO
Nascido em Porcíuncula, no interior do Rio de Janeiro em onze de novembro de 1939 e batizado Fábio Arlindo Medeiros, o ex-goleiro foi revelado pelo modesto Comercial, de Carangola-MG e logo chamou a atenção dos dirigentes do Atlético Mineiro, onde chegou em 1959.

Fábio, no São Paulo, em 1966 (Fotos: Milton Neves)
Fábio, no São Paulo, em 1966 (Fotos: Milton Neves)
No Atlético Mineiro ganhou a camisa um do então inquestionável Veludo e ficou no Galo até 1963 quando passou a jogar no rival Cruzeiro. Depois, Fábio saiu de Minas Gerais para jogar no São Paulo, tendo se destacado em 1966/67. Depois de uma rápida volta ao Atlético Mineiro, Fábio encerrou sua carreira jogando no Sport-PE em 1969.

Após encerrar a carreira, Fábio formou-se em odontologia e, além de atuar como dentista, também mantinha uma agência de turismo e uma imobiliária em Belo Horizonte.