Leilão da FPF recebe reforço de Ituano, Novorizontino, Juninho Paulista e muito mais

Foram doadas camisas dos clubes, camisa da seleção brasileira usada na Copa América de 1997 e até duas medelhas do Paulistão

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 18 (AFI) - O leilão beneficente “Assistência de Craque”, lançado pela Federação Paulista de Futebol no último domingo (14) não para de receber reforços. Os mais novos são os clubes Ituano e Novorizontino, os ex-jogadores Zé Roberto, Juninho Paulista e Márcio Santos, além do atacante Gabriel Martinelli, ex-Ituano e agora no Arsenal.

Foram doadas camisas dos clubes, camisa da seleção brasileira usada na Copa América de 1997, chuteira e até duas medalhas da conquista do Ituano no Paulistão.

COMO FUNCIONA

Cada craque ou clube convocado doará uma relíquia de seu acervo pessoal, ou uma experiência única, e cem por cento do dinheiro arrecadado será revertido em prol das causas apoiadas pela iniciativa.

Depois de ídolos dentro de campo, foi a vez dos clubes paulistas entrarem na jogada e doarem experiências para a ação.

A divisão ficará em: 50% do valor para atletas e árbitros, homens e mulheres do futebol paulista que recebiam até dois salários mínimos por mês quando as atividades foram paralisadas, e os outros 50% para instituições que atuam nas comunidades de Paraisópolis e Heliópolis - Instituto Bacarelli, Gerando Falcões e Movimento Maré do Bem . O leilão será monitorado pela Ernst & Young.

Espaço incorporado por HTML (embed)

QUANDO COMEÇOU

A Assistência de Craque começou domingo (14) com o tetracampeão Mauro Silva, vice-presidente da FPF, iniciando a corrente do bem ao convocar Raí, que convocou Gabriel Jesus, que passou a bola para Neymar Jr., e assim por diante, por meio de vídeos publicados nas redes sociais. A ação foi idealizada pela Lmid, agência de marketing esportivo.

Em menos de 24 horas, a chuteira doada por Neymar Jr., usada no Paulistão de 2012, já recebeu lance superior a R$ 3 mil. A experiência de acompanhar uma partida em um camarote do Morumbi com o Kaká já ultrapassa R$ 5 mil. Todas as peças e experiências ficarão disponíveis para lances até o dia 14 de julho.

Espaço incorporado por HTML (embed)

PALAVRA DO PRESIDENTE DA FPF

"Passamos por um dos momentos mais difíceis da nossa história, a Covid-19 faz milhares de vítimas diariamente e atinge a todos direta ou indiretamente. Precisamos agir agora, e este passo inicia uma corrente de solidariedade. Essa é a maior força do futebol paulista, a união de todos", diz Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da FPF.

LONGE DE ACABAR

A corrente do bem vai durar um mês, período em que as relíquias ficarão disponíveis no site para lances do leilão. A iniciativa conta com patrocínio da Sicredi, Mastercard, Maré do Bem e Penalty. Além de atletas e ex-atletas consagrados, os próprios clubes paulistas entrarão na ação, assim como árbitros e personalidades do mundo da bola.