Goleiro Bruno nega acerto com time mineiro e diz que joga apenas por diversão

O ex-goleiro do Flamengo negou ter assinado contrato com a Associação Registanea e afirmou que apenas brinca nos finais de semana

por Agência Futebol Interior

Varginha, MG, 06 (AFI) – Com dificuldades para acertar com um time profissional, o goleiro Bruno, condenado pelo assassinato de Elisa Samudio, teria acertado com a Associação Registanea Esporte Clube, equipe amadora de Varginha.

No entanto, o próprio Bruno veio a público desmentir o fato. Ele realmente joga pelo time amador, mas não tem contrato e, segundo suas palavras “joga informalmente”.

“Em respeito aos meus fãs, amigos e família, quero deixar bem claro que NÃO assinei com nenhum time amador! Chega a ser engraçado ver o que a mídia faz. Eu brinco, jogo algumas partidas sim, informalmente, como todos fazer fim de semana por pura distração! Ah! E, para constar, brinco jogando de segundo volante, kk, que por sinal, tenho muita qualidade na linha também! Sem mais... Obrigado e boa noite a todos”, publicou Bruno.

Espaço incorporado por HTML (embed)

O goleiro foi especulado em diversos clubes brasileiros para a disputa dos campeonatos estaduais, mas as negociações sempre chegavam a um entrave por conta da recepção negativa de patrocinadores, torcedores e das cidades envolvidas.

O Operário, do Mato Grosso, e o Fluminense de Feira, da Bahia, foram as equipes que chegaram mais próximas de um acerto com o ex-goleiro do Flamengo, mas as negociações foram interrompidas.