Luto! Maior artilheiro de uma edição do Catarinense morre aos 78 anos

Norberto Hoppe marcou 33 gols pelo Caxias na edição de 1966 do estadual

por Agência Futebol Interior

Norberto fez história no futebol catarinense. (Foto: Reprodução)
Norberto fez história no futebol catarinense. (Foto: Reprodução)
Joinville, SC, 06 (AFI) - Morreu na manhã desta sexta-feira, em Joinville, o ex-atacante Norberto Hoppe, maior artilheiro de uma edição do Campeonato Catarinense. Ele tinha 78 anos e convivia com problemas no coração há algum tempo. O enterro será realizado a partir das 11 horas deste sábado.

Natural de Joinville, Norberto fez história com a camisa do Caxias – time que deu origem ao JEC após fusão com o América – em 1966, quando marcou 33 gols em 18 partidas durante o primeiro turno do Campeonato Catarinense, feito nunca superado. Ele não jogou o restante da competição porque sofreu uma lesão grave no joelho.

Norberto morreu aos 78 anos. (Foto: Reprodução)
Norberto morreu aos 78 anos. (Foto: Reprodução)
No ano seguinte, o atacante foi negociado com o Bangu, que havia sido campeão carioca. O joelho lesionado, no entanto, seguiu causando problemas e o jogador não conseguiu repetir as boas atuação que teve no sul do país, tanto que a passagem pelo Rio de Janeiro não durou muito.

Norberto voltou para o antigo clube logo em seguda e ficou por lá por 12 anos. Depois de deixar os gramados, fez parte da diretoria do Caxias e foi membro efetivo do Conselho Deliberativo do Joinville Esporte Clube logo após a fusão entre Caxias e América, em 1976.