Jogador de 19 anos é morto a tiros voltando de festa em Porto Alegre

Carro em que estava o garoto foi alvejado por homens que tentavam matar o motorista

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 21 (AFI) - A violência urbana fez mais uma vítima na madrugada do último sábado. O jovem Wesley Sampaio Soares, de 19 anos, lateral do time sub-20 do São José, foi morto a tiros ao lado da namorada, em Porto Alegre. Eles voltavam de uma festa e acabaram alvejados.

Segundo a Divisão de Homicídios em Porto Alegre, o casal foi a uma festa no bairro Cidade Baixa e estava voltando para casa por volta das seis horas da manhã num carro de aplicativo. O veículo foi abordado por três outros homens, que atiraram sem parar e fugiram em seguida.

O crime aconteceu nas proximidades da Avenida Carlos Barbosa. Wesley morreu no local, enquanto Sara Moreira de Oliveira chegou a ser levada ao hospital, mas não resistiu.

De acordo com os investigados, o alvo do ataque era o motorista do Deives da Silva Freire. Ele também foi levado ao hospital, mas ainda não foi liberado. A Brigada Militar abordou o veículo dos atirados, que confessaram o crime e que o alvo era Deives. Eles foram presos em flagrante.

A nossa família São José amanheceu consternada e em luto neste domingo. A violência, que nos assusta a cada dia mais, e abrevia sonhos de tantos jovens em Porto Alegre, desta vez, nos tomou um dos nossos talentos. Wesley Sampaio, de apenas 19 anos, foi vitimado.

Sampaio, como era conhecido no clube, fazia parte do grupo de jogadores da categoria Sub-20 do Zeca. Lateral-direito, viveu boa parte da sua vida dentro do Passo d'Areia. Fazia parte das nossas categorias de base desde a categoria Sub-12.

Torcida, direção, corpo técnico e atletas do Esporte Clube São José lamentam esta perda traumática. Desejamos força à família.