Paraense: Vladmir de Jesus pede demissão e São Raimundo contrata velho conhecido

Com passagem pelo São Raimundo em 2016, Everton Goiano deve chegar a Santarém na quarta-feira

por Agência Futebol Interior

Santarém, PA, 04 (AFI) - A segunda-feira foi de mudança no São Raimundo. O técnico Vladmir de Jesus decidiu deixar o cargo e pediu demissão após a derrota por 3 a 1 para o Bragantino no último sábado. A diretoria do clube agiu rápido e contratou Éverton Goiano, velho conhecido da torcida, para a função.

Everton estava trabalhando no Vitória da Conquista, da Bahia, e pediu desligamento ainda no domingo. Dessa maneira, deixa o time baiano sem nenhuma vitória no campeonato estadual, com um ponto somado em três partidas.

A campanha é exatamente a mesma que motivou Vladmir de Jesus a abandonar o barco no São Raimundo, lanterna do Grupo A2 do Paraense, com um ponto. O próprio treinador avaliou negativamente o trabalho e rescindiu amigavelmente, tanto que se colocou à disposição para ajudar na transição de comando.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Com passagem pelo São Raimundo em 2016, Everton Goiano deve chegar a Santarém na quarta-feira, um dia antes da partida contra o Castanhal. Neste duelo, o auxiliar técnico Serginho Dantas, que já chegou a Belém, comandará o time.

CARREIRA
Natural de Goiânia, Everton Antunes Benevides, de 52 anos, tem uma carreira movimentada. Antes do acesso com a Anapolina, ele foi campeão Copa Governador-BA em 2014 e obteve vaga na Série D 2015 pelo Vitória da Conquista.

No Gurupi, Goiano obteve o título do Tocantinense 2012 e ainda foi eleito melhor técnico do Estadual. Em 2011, o comandante foi campeão acreano pelo Rio Branco e no ano anterior faturou o título mato-grossense pelo União.

Everton Goiano também trabalhou no Distrito Federal. O técnico foi campeão do Brasiliense da Segunda Divisão e garantiu o acesso à elite em 2001 pelo Sobradinho, foi vice-campeão brasiliense, em 2005, pelo Luziânia, e em 2002, pelo Gama, além de ter sido campeão do Interior pelo Braslândia em 2000.