Ex-técnico do Corinthians, Jair Ventura pede continuidade, mas toma invertida de Petkovic

O treinador reclamou do pouco tempo de trabalho nos clubes brasileiros, mas foi lembrado de sua saída do Botafogo para o Santos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 07 (AFI) – Desempregado desde a saída do Corinthians, ao final da última temporada, o técnico Jair Ventura passou por um momento constrangedor nessa quinta-feira, ao participar do programa Seleção Sportv. O técnico lamentava a falta de continuidade e a frequência com que os clubes brasileiros trocam de treinador, quando Petkovic o colocou contra a parede. ASSISTA NO VÍDEO AO LADO

O ex-jogador sérvio, que atualmente trabalha como comentarista dos canais Sportv, lembrou a saída de Jair Ventura do Botafogo, ressaltando que os treinadores pedem mais continuidade, mas também deixam os clubes quando recebem propostas melhores.

“O técnico do Tottenham está lá há quatro anos. Não título e todo mundo quer ele. Aqui você não consegue. Quando a gente perdeu a final para o Cruzeiro, ficamos muito tristes. Mas para o futebol brasileiro mostrou que a continuidade é o trabalho certo. O Mano ficou dois anos à frente, se reforçou, não perdeu seus principais jogadores e ganhou mais uma final. A continuidade é importante”, explicou Jair Ventura.

No entanto, Petkovic entrou na conversa com uma pergunta inesperada e que gerou sorrisos amarelos de todos presentes ao programa, que contava ainda com os jornalistas André Rizek e Mauro Naves e o ex-atacante Paulo Nunes.

“Concordo, mas em contrapartida, sendo advogado do diabo. Você quer continuidade, mas porque saiu do Botafogo?”.

Jair tentou se defender dizendo que já tinha dez anos de casa no Botafogo, mas o sérvio completou.

“Não, como profissional você tinha um ano. Como efetivado, um ano e meio. Fique quatro anos também. Treinador sai quando quer, né?”, disse.

 
 
" />