Antônio Lopes conclui curso da CBF e diz que currículo vitorioso não basta

Ele falou sobre este momento importante e a valorização do estudo mesmo com toda a experiência adquirida ao longo de muitos anos

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 06 (AFI) - Assim como em 2011, quando parou de atuar como treinador depois de uma vitoriosa carreira, e estudou para a nova função de gestão executiva, Antônio Lopes resolveu fazer o mesmo depois trabalhos no Atlético-PR e no Botafogo. Lopes terminou nesta quarta feira, na CBF Academy, o curso de gestão executiva de futebol, curso desenvolvido em oito módulos e durante todo o ano de 2018.

Agora gestor formado e com a licença, ele falou sobre este momento importante e a valorização do estudo mesmo com toda a experiência adquirida ao longo de muitos anos de sucesso na carreira.

"Muito feliz em ter concluído o Curso da CBF de Gestão em Futebol. Foram 8 módulos ao longo do ano. Novo desafio profissional em 2019 se aproximando e preciso estar pronto sempre. O futebol se recicla a cada instante e não posso achar que por ter feito tudo que fiz e pelo que passei, posso estar livre de novos aprendizados”, afirmou Lopes.

Antônio Lopes participou de curso da CBF.
Antônio Lopes participou de curso da CBF.
“Em 2011, fiz o curso do IAJ completo e agora este da CBF e da ABEX, associação de executivos de futebol, o que me dá ainda mais confiança para outros trabalhos", completou o treinador, que estuda sondagens e projetos apresentados.

CARREIRA
Enquanto gestor, Antônio Lopes chegou a uma final de Copa do Brasil com o Furacão, revelando nomes como Marcelo Cirino e Weverton para o cenário nacional. Com o Botafogo, alcançou por duas vezes a final do carioca e o acesso, com o título da série B.

Como treinador, ganhou uma série de títulos expressivos, como um Brasileirão pelo Corinthians, uma Copa do Brasil pelo Internacional e uma Libertadores pelo Vasco.

 
 
" />