Antônio Lopes elogia Felipão após ser superado como campeão mais velho do Brasileirão

O ex-treinador Antônio Lopes teve a marca de ser o treinador mais velho a vencer o Brasileirão superada por Luiz Felipe Scolari

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 28 (AFI) – Com um extenso currículo, somando passagens por tradicionais clubes do país e experiências exteriores, o ex-treinador Antônio Lopes teve a marca de ser o treinador mais velho a vencer o Brasileirão superada por Luiz Felipe Scolari no último domingo.

Antônio, que treinou clubes como Vasco, Fluminense, Flamengo, Internacional, Portuguesa e Cruzeiro, além de ter sido coordenador técnico de Botafogo e Atlético-PR, falou sobre a marca superada e sobre o atual momento de sua carreira.

Confira o relato na íntegra:

Foi com muito orgulho que fui lembrado pelos órgãos de imprensa de que tinha o recorde de ser o treinador campeão brasileiro com mais idade (em 2005 pelo Corinthians) e que esta marca foi superada pelo amigo Luís Felipe Scolari.

Sempre achei que futebol não tem idade, nem para mais, nem para menos. Para mim, vale a competência. Nunca tive medo de lançar jovens atletas no profissional (Romário, Edmundo, Dener, Leonardo, Mazinho, Miranda, Rafinha, entre outros). Falo isso, porque há treinadores jovens super competentes, mas tenho certeza que há espaço para todos, desde que busquem sempre atualização.

Deixei a carreira de treinador no fim de 2011 e me preparei para me tornar gestor, cursando um ano no instituto IAJ de Gestão Desportiva. Depois disso, trabalhei dois anos no Atlético Pr e três anos no Botafogo, além de ter exercido esse cargo por dois anos na CBF, entre 2000 e 2002. A mescla da experiência com a juventude traz sempre ótimos resultados e pude vivenciar isso quando trabalhei com Jair Ventura e Vágner Mancini.

Este ano fiquei sem trabalhar, tendo a oportunidade de fazer o curso da CBF de Gestão Aplicada ao Futebol ao longo dos últimos dez meses. Estou ainda mais pronto para o próximo trabalho e aguardo fechamento de sondagens que já tive, baseado no que fizemos em clubes que mostrei capacidade, como com o Botafogo, que ganhou a série B, brigou por dois títulos cariocas e o Atlético PR, que destacou nomes como Weverton e Marcelo Cirino.

HISTÓRICO DE ANTÔNIO LOPES
Campeão brasileiro no Vasco, Corinthians, Inter ( Copa do Brasil ) além de ser campeão do mundo como coordenador técnico da seleção em 2002. Lopes é hoje diretor executivo e formado em cursos de gestão no Rio e em São Paulo, com trabalhos reconhecidos no Atlético PR, revelando nomes como Weverton e Marcelo Cirino, e no Botafogo, com o título da série b e a volta para Libertadores no ano seguinte com um ótimo brasileiro, além de dois vice campeonatos cariocas.

 
 
" />