Procuradoria do STJD vai denunciar 68 clubes por atraso no pagamento de multas

Instituições das Séries A, B, C e D, de futebol feminino ou que disputaram Copas Verde e do Nordeste foram apontados como inadimplentes

por Agência Estado

São Paulo, SP, 27 - A procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai apresentar 103 denúncias contra 68 clubes brasileiros que foram punidos, mas não pagaram as multas à corte neste ano. Os clubes serão intimados nesta sexta-feira e boa parte deles será julgada já na próxima quarta, pela 3.ª Comissão Disciplinar. A punição poderá ser uma nova multa, além de suspensão do presidente da agremiação.

No domingo, o Estado mostrou que desde o início de janeiro até 12 de setembro, o STJD havia aplicado R$ 1,324 milhão em multas a jogadores, dirigentes, treinadores e clubes do futebol brasileiro como pena por infrações disciplinares. No entanto, apenas R$ 373,7 mil foram efetivamente pagos - menos de 30% do total.

Nesta quarta-feira, após pedido do presidente do STJD, Paulo Cesar Salomão Filho, a procuradoria do órgão realizou um mutirão e levantou todos os inadimplentes. Ao todo, 68 clubes das Séries A, B, C e D, de futebol feminino ou que disputaram as Copas Verde e do Nordeste foram apontados como inadimplentes. O STJD não informou quais são porque eles ainda não foram intimados.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Os clubes estão sendo enquadrados por infração ao artigo 223 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata de descumprimento de decisão. A punição prevê multa que pode chegar a R$ 100 mil.

Caso a pena tenha sido aplicada a um jogador ou dirigente, a nova punição prevê suspensão automática até que se cumpra a decisão. O punido também poderá ficar impedido de atuar por um período que varia de 90 a 360 dias e, na reincidência, ser eliminado da competição que disputa.