Greve dos caminhoneiros pode adiar a rodada nas quatro divisões do Brasileiro

A princípio, as rodadas estão confirmadas para acontecer, mas a CBF está monitorando a situação junto aos clubes e às companhias aéreas

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 24 (AFI) – A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estuda adiar todos os jogos deste final de semana, nas Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro. Com a falta de combustível nos aeroportos os clubes estão com dificuldade para deslocamento, principalmente os que atuam fora de casa.

A diretoria de Competições da CBF está monitorando a situação junto às companhias aéreas. Até o início da tarde desta quinta-feira, a entidade tinha a informação de que os voos previstos para o transporte das equipes estavam confirmados e que, até então, todos os jogos estavam confirmados. Mas deixou claro que a situação poderia mudar ao longo do dia ou até o final de semana, dependendo do andamento da greve.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), há problemas de abastecimento de combustíveis nos aeroportos de Brasília e de Congonhas, em São Paulo, devido à paralisação dos caminhoneiros, que protestam para cobrar uma redução no preço do óleo diesel.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Nesta quinta-feira, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro anunciou que todos os campeonatos organizados pela entidade, tanto os de base, como os de profissionais, terão suas rodadas adiadas neste fim de semana devido ao desabastecimento do Estado por causa da greve dos caminhoneiros.

Nesta quinta-feira, a greve dos caminhoneiros completa quatro dias. O líderes do movimento já recusaram o primeiro acordo oferecido pelo governo, que propôs uma redução temporária, por 15 dias, no preço do diesel. A Associação Brasileira de Caminhoneiros (Abcam) informou que a paralisação será suspensa apenas diante da retirada oficial dos impostos PIS/Confins e Cide sobre os combustíveis.