Luto! Ex-lateral de Criciúma e Boa Esporte morre em Florianópolis

Após passagens por Inter de Lages e Concórdia, Guilherme havia se aposentado em 2015 por conta de hepatite

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - O futebol brasileiro está de luto. Isso porque, na tarde desta quarta-feira, em Florianópolis, foi confirmada a morte do lateral-esquerdo Guilherme por falência do fígado em decorrência de uma hepatite. Revelado pelo Criciúma, ele ainda atuou por Inter de Lages, Boa Esporte e Concórdia.

Guilherme atuou pelo Inter de Lages (Foto: Greik Pacheco/Inter de Lages)
Guilherme atuou pelo Inter de Lages (Foto: Greik Pacheco/Inter de Lages)
Aos 25 anos, deixa uma esposa grávida de sete meses: Guilherme Oliveira Rodrigues seria pai pela primeira vez.

A última camisa que vestiu na curta carreira foi a do Concórdia, em 2015.

Naquele ano, foi obrigado a abandonar o futebol profissional em virtude da hepatite.

Acabou se fixando em Lages, no interior catarinense. Na cidade, além de se casar, seguiu jogando futebol com meia e lateral pelo amador local. Foi na Inter de Lages, inclusive, que conseguiu um dos principais feitos na carreira: acesso e título da Série B do Campeonato Catarinense.