Paulo Foiani é apresentado no Sinop: "Vim para ser campeão!"

Treinador chegou animado e com objetivos definidos para o clube mato-grossense nessa e na próxima temporada

por Agência Futebol Interior

Sinop, MT, 25 (AFI) - Nada de meias palavras. O técnico Paulo Foiani (foto), após bom início de temporada a frente do Fluminense de Feira, chegou animado no Sinop. Logo em sua apresentação, o jovem treinador disparou que foi ao clube mato-grossense "para ser campeão".

"Quero ser campeão com o Sinop, seja agora com a base no Sub-21 ou com o profissional ano que vem", disse ele em entrevista coletiva.

"Vim pelo projeto que me foi apresentado. Conversamos com o presidente Dilceu, com o diretor Marcos e me convenceram de que o clube tem objetivos, está trabalhando para estruturar desde a base até o profissional e aceitei o desafio", completou Foiani.

Sem perder tempo, Paulo Foiani já começou os treinamentos no Sinop. O treinador aproveitará para fazer uma análise minuciosa dos atletas que têm contrato com o clube. Trabalho importante para saber quem chegará, quem subirá do Sub-19 e quem precisará ser contratado.

A estreia do Sinop na Copa Mato Grosso, primeiro desafio do novo comandante, será no dia 17 de setembro contra o Cuiabá, em casa. A Copa FMT dará vaga ao campeão na Copa do Brasil 2018, mas o Sinop já tem vaga, uma vez que foi vice-campeão estadual.

No início do ano, Foiani comandou o Fluminense de Feira. No Tricolor, em dez partidas na Série D, ele obteve duas vitórias, sete empates e apenas uma derrota, além de 13 gols a favor e nove contra. Aproveitamento de 43,3%.

Mais do treinador:
Tendo encerrado sua carreira como atleta em 2012, jogando pelo Operário-PR. Paulo Foiano foi convidado no ano seguinte para ser auxiliar técnico no próprio clube, onde teve a oportunidade de dirigir a equipe por duas partidas. No mesmo ano, ele recebeu proposta do Marcílio Dias para exercer a mesma função. Em seguida, foi efetivado como treinador, e não decepcionou, mostrando toda a sua capacidade ao conquistar o acesso a elite catarinense.

Em seguida rumou para o Toledo-PR, posteriormente voltou para o Operário-PR. Em 2014, ele fez um grande trabalho no Cascavel-PR, conquistando o título da terceira divisão e também da Divisão de Acesso, dando a inédita vaga ao clube à elite paranaense. Na primeira divisão, o time fez boa campanha, sendo eliminado pelo forte Coritiba nas quartas de final. Em 2015, o treinador foi vice-campeão da Copa Governador dirigindo o Juazeirense-BA, conduzindo assim o time a Copa do Brasil e Copa do Nordeste.

Na temporada passada, o treinador aceitou convite e assumiu o ASA-AL, clube onde foi ídolo na época de jogador. Lá, ele pegou o clube na terceira rodada e só parou nas quartas de final, diante do Guarani, devido a uma noite infeliz do goleiro Thiago Braga no jogo de volta em Campinas.

 
 
" />