Luto! COVID mata outro marcante ex-jogador que fez sucesso no interior paulista

Trata-se do ex-zagueiro Batata, que marcou época como zagueiro do São Bento nos anos 1970

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 21 (AFI) – A história do futebol brasileiro perde mais um ex-jogador para a pandemia do COVID 19. Morreu nesta terça-feira, em São Paulo, o ex-zagueiro Batata, que marcou época como zagueiro do São Bento nos anos 1970.

Batata tinha 65 anos e era filho do ex-craque do Corinthians, Baltazar (1926/1977).

Batizado Carlos Alberto da Silva, Batata nasceu em São Paulo no dia nove de julho de 1955 e começou nas categorias de base do Corinthians, onde teve poucas oportunidades, apesar de ter sido convocado para várias seleções de base do Brasil.

Batata em foto recente
Batata em foto recente
XERIFE NA ZAGA DO SÃO BENTO
Depois de uma passagem pelo Olaria-RJ, foi no São Bento que Batata destacou-se como um zagueiro de boa estatura, seguro e viril, sendo até os dias de hoje considerado um ídolo na cidade de Sorocaba.

Seu bom futebol no São Bento levou Batata para o Botafogo-RJ em 1979, onde ficou por três temporadas e também passou a ser utilizado como lateral esquerdo.

Depois Carlos Alberto Batata vestiu a camisa de vários outros times como Uberlândia-MG, Figueirense-SC, Marcílio Dias-SC, Caxias-RS, Inter de Limeira e Colorado (hoje Paraná Clube).

CAMPEÃO DA TAÇA CBF EM 1984 PELO UBERLÂNDIA
No Uberlândia, foi campeão da Taça CBF em 1984, que hoje seria a Série B do Campeonato Brasileiro e considerada a principal conquista do time do triângulo mineiro.

Batata, o terceiro em pé, no São Bento em 1978
Batata, o terceiro em pé, no São Bento em 1978
Em final de carreira, Batata ainda teve destaque no Rio Branco, Mirassol e Bandeirante, disputando a Divisão Intermediária de São Paulo (atualmente A2), tendo encerrado a carreira em 1990.

FALTA DA VACINA
É bem provável que se o Presidente da República, Jair Bolsonaro, tivesse preparado o Brasil para a vacinação de sua população, o ex-jogador Carlos Alberto Batata não teria falecido.