Médico diz que sem aglomeração, futebol não é risco para transmitir Covid-19

Infectologista do Centro de Contingência diz que futebol não é risco, desde que mantenha protocolo e evite aglomeração

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 29 (AFI) – O médico infectologista do Centro de contingência do governo do Estado de São Paulo, o renomado Marcos Boulos, confirmou nesta semana que os jogos de futebol são os que menos preocupam na transmissão da Covid-19. Em entrevista à Rádio Bandeirantes de São Paulo, ele confirmou sua posição.

“Para nós, não havendo aglomeração, não há nenhum problema. Isso, obviamente, precisa ser levado e debatido ao governo. Respeitando o que o Ministério Público falou, não há problema. Não é nenhuma condição nossa, porque não vai ter transmissão. Não é o futebol que vai contribuir para as transmissões da doença” - esclareceu o infectologista.

Marcos Boulos diz que futebol não é perigoso, defende protocolo e fim de aglomeração
Marcos Boulos diz que futebol não é perigoso, defende protocolo e fim de aglomeração

Indagado à respeito da determinação do Ministério Público (MP) sobre a suspensão dos jogos oficiais, o médico fez questão de explicar que esta decisão não foi tomada por seu grupo de especialistas.

“Fizemos uma graduação entre as ações que mais podem transmitir a doença. O futebol está entre as menos arriscadas. Mas nós do Centro (de Contingência) não fomos consultados sobre a decisão de suspender o futebol. Foi uma decisão governamental”.

BUSCA DE ALTERNATIVA

Com o intuito de manter as competições oficiais em andamento, dentro do seu rigoroso protocolo de segurança, já testado e aprovado desde julho de 2020, a Federação Paulista de Futebol (FPF) busca alternativas para que a bola volte a rolar.

Uma delas é a aproveitar, justamente, uma brecha dentro do ‘Toque e Recolher’ vigente no Estado, me princípio, até dia 30 de março e agora ampliada até dia 11 de abril.

Os jogos seriam realizados, a partir das 20 horas, quando a população deve permanecer em casa. O futebol entraria neste cenário dentro de seu principal objetivo que é propiciar entretenimento às pessoas.

Grêmio x Pelotas jogaram domingo a partir das 21 horas
Grêmio x Pelotas jogaram domingo a partir das 21 horas

Esta medida já foi testada e executada no Campeonato Gaúcho. A sétima rodada do Gauchão só teve neste final de semana a partir das 10 horas. Foram um jogo sábado, quatro domingo e outro na segunda-feira.

BOLHA DO FUTEBOL
Além disso, a ideia levantada por alguns dirigentes à direção da FPF é repetir o mesmo procedimento feito no Campeonato Paulista de 2020, quando foram formadas ‘bolhas de futebol’.

Na ocasião os times se mantiveram treinando de forma isolada e concentrados e saindo do hotel somente para disputar os jogos, que foram centralizados em São Paulo. Foram utilizados o Morumbi, Neo Química Arena, Allianz Arena e o Canindé.

Uma nova rodada de discussões entre os dirigentes será promovida pela FPF nesta segunda-feira, numa conferência online, justamente para buscar uma forma de retorno do futebol ainda nesta semana.

GAÚCHO - GREMIO CONFIRMA ACERTO COM EX-LATERAL DO MENGÃO