Copa Paulista: Auxiliar do São Bernardo critica arbitragem após empate com a Ponte

Sérgio Ricardo vem comandando o Bernô enquanto Marcelo Veiga está em isolamento por conta da Covid-19

por Agência Futebol Interior

São Bernardo do Campo, SP, 19 (AFI) - A atuação do árbitro Matheus Delgado Candançan foi alvo de críticas do auxiliar-técnico do São Bernardo, Sérgio Ricardo, após o empate com a Ponte Preta, por 1 a 1, na última quarta-feira, em Campinas.

Sérgio Ricardo é quem vem comandando o Bernô enquanto o técnico Marcelo Veiga está cumprindo o isolamento após ter testado positivo para o novo coronavírus na semana passada.

São Bernardo garantiu a classificação antecipada (Foto: Gabriel Goto)
São Bernardo garantiu a classificação antecipada (Foto: Gabriel Goto)
"A gente não gosta muito de falar da arbitragem, mas o árbitro teve influência total no resultado. Quem acompanhou o jogo viu que era para a gente ter saído com os três pontos", lamentou Sérgio Ricardo.

O São Bernardo teve o volante Natan expulso no final do primeiro por ter recebido dois cartões amarelos. Depois do intervalo, o Bernô também viu a arbitragem anular um gol de Leandro Amaro.

Apesar de ter perdido a liderança do Grupo 4, o empate garantiu o São Bernardo nas oitavas de final da Copa Paulista. Faltando duas rodadas, o Bernô tem oito pontos, seis a mais que Ponte Preta e Juventus, que se enfrentam na próxima rodada.

No sábado, o São Bernardo vai até Santos enfrentar a Portuguesa Santista em um confronto direto pela liderança da chave. A Briosa tem um ponto a mais que o Bernô.