Há 53 anos, Ferroviário ganhava o primeiro título de Araçatuba

Equipe araçatubense superou 77 adversários para ficar com o título da Terceira Divisão de Profissionais de 1966

por Federação Paulista (FPF)

Araçatuba, SP, 14 - Uma das várias agremiações que representaram Araçatuba no futebol paulista, o Ferroviário foi o primeiro a dar uma grande alegria para a cidade. Em 14 de maio de 1967, a equipe disputou o jogo decisivo da Terceira Divisão de Profissionais de 1966 diante do Guarani de Adamantina e conquistou o título da competição.

Fundado em 1952, o time começou no futebol amador. A profissionalização ocorreu em 1964 com apoio da Prefeitura Municipal, que buscava um time para representar a cidade. Antes, o São Paulo (1948-1953, 1954-1955 como Araçatuba EC, e 1962-1963 com a antiga denominação) e Flamengo (1957-1958) haviam disputados os torneios da FPF.

Curiosamente, em seu primeiro ano, o Ferroviário teve um rival local, já que a Assistência também se profissionalizou. A partir de 1965, porém, o Ferroviário se tornou o único representante araçatubense. Naquele ano, o time venceu a sua série, mas sucumbiu na segunda etapa.

Foto: Reprodução/Terceiro Tempo
Foto: Reprodução/Terceiro Tempo
Em 1966, o quarto e último escalão teve a participação de 78 equipes, sendo até hoje um dos maiores torneios profissionais realizados no futebol paulista. Diferentemente do ano anterior, o Ferroviária não foi o líder do seu grupo, ficando atrás do Oeste. Porém, enquanto em 1965 apenas o líder avançava, em 1966, os quatro primeiros da chave tiveram a classificação garantida.

A segunda fase, dividida em séries, previa regulamento mais difícil, com seis equipes lutando por apenas uma vaga na etapa seguinte, que reuniria os campeões. Na 6ª Série, o Ferroviário superou CA Jalesense, Valparaíso, Guararapes, União de Potirendaba e Uraniense para garantir a classificação.

Ao mesmo tempo que o futebol paulista criava uma abertura para várias equipes poderem atuar, o campeonato acabou pecando um pouco na desorganização. A Fase Final, composta por seis equipes, teve as desistências de Itapema e Comercial de Tietê durante a disputa. Como era padrão, a FPF optou por cancelar os resultados dessas equipes. O efeito da desorganização foi sentido no ano seguinte, com o número de times na divisão caindo para 27.

Ainda pelo torneio de 1966, porém, o Ferroviário perdeu três pontos conquistados no primeiro turno – vitória sobre Ipanema e empate com o Comercial –, mas ainda assim chegou na rodada final com vantagem, já que somava sete pontos, contra cinco do Guarani de Adamantina. Com vitória por 3 a 2, o Ferroviário encerrou sua vitoriosa campanha com o título.

Foto: Reprodução/Terceiro Tempo
Foto: Reprodução/Terceiro Tempo
PULANDO ETAPA
O acesso do Ferroviário seria para a Segunda Divisão, mas o clube acabou convidado para disputar a Primeira (atual Série A2). Nos dois anos em que disputou, 1967 e 1968, se classificou para a etapa final, mas acabou em quarto e terceiro lugar, respectivamente, e sem o sonhado acesso para a elite estadual. Em 1969, o Ferroviário deixa a disputa e é substituído pelo Araçatuba FC, que joga as três temporadas seguintes, mas fica longe de repetir as campanhas do antecessor.

Em 1972, o Araçatuba FC deixa a vaga para o Tião Maia. No ano seguinte, surge a Associação Esportiva Araçatuba, que finalmente consegue se firmar, sendo campeã logo no ano de estreia. Como a Lei do Acesso estava suspensa, o time precisou esperar até 1992, quando disputou a principal divisão pela primeira vez. Ao todo, foram oito temporadas na elite. A AEA se mantém viva até hoje como a representante da cidade no futebol paulista.

A CAMPANHA DO TÍTULO

1ª Fase
05/06/1966: União de Potirendaba 1x0 Ferroviário
12/06/1966: Ferroviário 6x1 Glória
19/06/1966: Oeste 2x2 Ferroviário
26/06/1966: Ferroviário 5x0 Bilac
03/07/1966: Cafelândia 0x3 Ferroviário
10/07/1966: Botafogo de Catanduva 5x1 Ferroviário
17/07/1966: Ferroviário 2x1 Guararapes
14/08/1966: Ferroviário 4x0 União de Potirendaba
21/08/1966: Glória 1x5 Ferroviário
28/08/1966: Ferroviário 1x2 Oeste
11/09/1966: Bilac 1x3 Ferroviário
18/09/1966: Ferroviário 3x0 Cafelândia
02/10/1966: Guararapes 4x1 Ferroviário
09/10/1966: Ferroviário 6x1 Botafogo de Catanduva

2ª Fase
04/12/1966: CA Jalesense 5x2 Ferroviário
08/12/1966: Ferroviário 8x0 Uraniense
11/12/1966: Valparaíso 6x1 Ferroviário
17/12/1966: Ferroviário 1x0 União de Potirendaba
15/01/1967: Guararapes 1x2 Ferroviário
29/01/1967: Uraniense 0x0* Ferroviário
12/02/1967: Ferroviário 4x1 Valparaíso
19/02/1967: União de Potirendaba 0x0 Ferroviário
26/02/1967: Ferroviário 5x2 Guararapes
07/03/1967: Ferroviário 4x0 CA Jalesense

*Uraniense perdeu os pontos no TJD

Fase Final
02/03/1967: Ferroviário 4x0 Itapema (Cancelada)
19/03/1967: Comercial de Tietê 2x2 Ferroviário (Cancelada)
26/03/1967: Guarani de Adamantina 1x1 Ferroviário
02/04/1967: Ferroviário 5x0 Operário de Palmital
09/04/1967: Rocinhense 1x2 Ferroviário
16/04/1967: Ferroviário Wx0** Comercial de Tietê
23/04/1967: Itapema - Ferroviário (Cancelada)
30/04/1967: Ferroviário 3x1 Rocinhense
07/05/1967: Operário de Palmital 1x0 Ferroviário
14/05/1967: Ferroviário 3x2 Guarani de Adamantina

**O Comercial não compareceu. Cancelada

Classificação final
1. Ferroviário – 9pts
2. Operário – 6pts
3. Guarani – 5pts
4. Rocinhense – 4pts
5. Itapema e Comercial de Tietê - Desistiram

Ruben Fontes Neto