Red Bull e Bragantino devem disputar o estadual em 2020. Veja como!

A FPF liberou os clubes de disputarem o estadual. O Massa Bruta ficará na A1, enquanto o Toro na A2

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 11 (AFI) - O Red Bull não se pronunciou oficialmente, mas terá as duas equipes que administra (Red Bull Brasil e Bragantino) no estadual de 2020. O que era apenas especulação ganhou força nos bastidores, levando a Federação Paulista de Futebol publicar uma resolução, em seu site oficial, sobre o tema. A confirmação acontecerá apenas no Conselho Arbitral.

A entidade deixou bem claro que duas equipes administradas pelo mesmo grupo econômico não poderão disputar a mesma divisão, o que já ocorreu no passado com Palmeiras e Palmeiras B. Sendo assim, o Red Bull terá que optar qual será sua equipe principal - esta disputará à Série A1 - e qual será a secundária, que será rebaixada para Série A2.

"Um mesmo grupo econômico poderá deter mais de uma entidade de prática desportiva, desde que ambas não participem da mesma divisão, de um mesmo campeonato, em respeito ao princípio desportivo da integridade das competições", publicou a FPF, em sua resolução.

Como o Bragantino está disputando o acesso na Série B do Brasileiro, a tendência é que seja o time principal no Paulistão. Com isso, o Red Bull Brasil será rebaixado, caso o clube confirme que disputará o estadual em 2020.

Bragantino e Red Bull estarão no estadual
Bragantino e Red Bull estarão no estadual
QUEM SOBE?
O documento detalha outros termas importantes. A reportagem entende, conforme o artigo h, que o São Caetano terá que cumprir o rebaixamento, já que muitos mantinham a esperança de que o clube fosse permanecer na divisão. Na mesma resolução, leva a crer que o Água Santa será promovido à Série A1.

"Em nenhum caso será permitida a permanência na divisão superior de clube que tenha sido rebaixado. O descenso para a divisão inferior sempre deverá ser cumprido pela equipe rebaixada", trata o artigo h.

"Caso haja acesso conquistado por uma equipe secundária para a série ou divisão em que a equipe principal fora rebaixada naquela mesma temporada, tal equipe secundária não ascenderá e será rebaixada para a divisão inferior a que disputou. Neste caso, o próximo melhor colocado de tal divisão inferior que não obteve o acesso será promovido à divisão superior", consta o artigo g.

REBAIXAMENTO DUPLO
Um detalhe interessante apresentado no documento consta em um possível rebaixamento do Bragantino na Série A1. Caso isso aconteça, o Red Bull Brasil cairia para a Série A3, mesmo que conquistasse o acesso na Série A2. O clube principal sempre terá que ficar uma divisão inferior da secundária.

PAULISTA A3
Como o Red Bull Brasil deverá ser rebaixado para Série A2, e, consequentemente, o Água Santa subirá para a principal, a Série A3 do Paulista seguirá com as mesmas equipes, já confirmadas após o fim do estadual.

Confira aqui o documento completo!