​Presidente do Guarani atrasou, mas compareceu ao evento da FPF e TRT 15

Palmeron Mendes Filho chegou tarde e não viu a assinatura do convênio na sede do TRT 15

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 (AFI) - O presidente do Guarani, Palmeron Mendes Filho, chegou atrasado na cerimônia que marcou a assinatura do convênio que visa de forma inédita no País incentivar a mediação e a conciliação de conflitos trabalhistas entre atletas e clubes paulistas. O documento foi assinado entre o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, e a desembargadora e presidente do TRT 15, Gisela Moraes.

Quando Palmeron chegou todos já haviam se retirado do recinto e somente alguns repórteres ainda se encontravam no local. Ainda assim a TV FI conseguiu ouvir o presidente do Guarani, que falou do bem que a assinatura do documento pode trazer para os clubes de São Paulo. Confira!

Palmeron Mendes Filho é presidente do Guarani - Divulgação
Palmeron Mendes Filho é presidente do Guarani