Audax Rio vence Madureira mais uma vez e vai às quartas de final da Copa Rio

Time dirigido por Robélinho Cavalinho mede forças com a Portuguesa-RJ na próxima etapa regional

por Agência Futebol Interior

São João do Meriti, MA, 11 (AFI) - O Audax Rio entrou em campo diante de um dos clubes mais tradicionais do Rio de Janeiro: o Madureira.

Frente a instituição centenária, no Estádio Conselheiro Galvão, a Laranja Meritiense se deu melhor, venceu por 2 a 0 e avançou às quartas de final da Copa Rio - no duelo de ida, enquanto mandante, fez por 1 a 0.

Na próxima fase, o time dirigido por Robélio Cavalinho mede forças com a Portuguesa-RJ, em dois jogos, nos dias 17 e 24 de julho.

O JOGO

O Audax Rio entrou em campo com vantagem do empate para avançar. O treinador, por sua vez, ciente da pressão a ser imposta pelo time da casa, armou bem o time para anular os pontos fortes e explorar as deficiências defensivas nos contra ataques.

Com sistema organizado, o clube de São João do Meriti pouco sofreu e quase não cedeu oportunidades ao Madureira.

Já na etapa complementar, apesar do resultado parcial de classificação, os visitantes tiveram dois atletas expulsos, mas definiu a vitória com dois gols em sete minutos.

Audax vence Madureira duas vezes e enfrenta Portuguesa nas quartas da Copa Rio - Guilherme Nascimento
Audax vence Madureira duas vezes e enfrenta Portuguesa nas quartas da Copa Rio

"Tinha ciência de que encontraríamos um oponente que viria para já fazer o gol no inicio. Os atletas, porém, souberam neutralizar os avanços. Depois do intervalo, jogamos com inteligência e soubemos fazer os gols, os quais nos passaram tranquilidade para fechar a partida sem sustos", comentou Cavalinho.

OUTRO FOCO

Após classificação na Copa Rio, o Audax vira a chave e passa a focar atenção na Série B1 do Campeonato Carioca, competição na qual ocupa a quarta colocação com 11 pontos.

No próximo sábado, 13, às 15h, enfrenta o Sampaio Correa, fora de casa, em jogo válido pela oitava rodada da Taça Santos Dumont, no Estádio Elcyr Resende, em Bacaxá.