Luto! Morre marcante ponta esquerda que fez sucesso no interior paulista nos anos 1980/90

Sidnei Risadinha nasceu em São Paulo em 18 de março de 1956 e seu primeiro time profissional foi o Aliança, de São Bernardo do Campo.

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) - O futebol do interior paulista perdeu nessa semana um jogador que fez muito sucesso nos anos 1980/90. Vítimas de problemas na medula óssea, morreu em São Paulo, o ex-ponta esquerda Sidney Risadinha, de 63 anos. Apesar de estar residindo em Ilha Solteira, acabou sendo enterrado na quinta-feira na capital paulista.

Sidnei Risadinha nasceu em São Paulo em 18 de março de 1956 e seu primeiro time profissional foi o Aliança, de São Bernardo do Campo. Depois, foi para o "interiorzão" de São Paulo onde fez sucesso em equipes que se destacavam em divisões de acesso (hoje A2 e A3).

Sidnei Risadinha, último agachado, no Rio Preto em 1988 - Foto: Edwellington Villa
Sidnei Risadinha, último agachado, no Rio Preto em 1988 - Foto: Edwellington Villa

ATÉ HOJE SIDNEI RISADINHA É ÍDOLO EM ILHA SOLTEIRA

Inicialmente foi para o Ilha Solteiro, onde até hoje é ídolo na cidade e reverenciado como um dos melhores jogadores de todos os tempos. Também vestiu as camisas do Tanabi, Jalesense, Fernandópolis, Rio Preto, Garça, Marília e Francana. Fora do estado de São Paulo, esteve no Uberaba e Jataiense.

Sidnei tinha um estilo clássico dos pontas de sua época: irreverente, veloz, com fáceis dribles e cruzamentos certeiros.

O sempre irreverente Sidnei Risadinha em foto recente
O sempre irreverente Sidnei Risadinha em foto recente

Em dias atuais, facilmente Sidnei Risadinha teria jogado em equipes de maior projeção mas, em sua época, além da existência de jogadores mais qualificados, raramente um jogador iria para o Exterior, fazendo com que o mercado ficasse mais restrito.

No final de carreira voltou para Ilha Solteira, onde ainda fez um campeonato profissional em 1994 e depois permaneceu na cidade até ficar doente e voltar a residir com familiares em São Paulo.