Mirassol solicita Futebol Sustentável para combater 'invasão' do Botafogo

Mirassol e Botafogo brigam diretamente contra o rebaixamento no Campeonato Paulista

por Agência Futebol Interior

Mirassol, SP, 13 (AFI) - O Mirassol quer dar uma resposta ao Botafogo antes do jogo do próximo domingo. Se o adversário organizou a maior caravana da sua história, com 22 ônibus para o estádio José Maria de Campos Maia, o time da casa já solicitou o programa ‘Futebol Sustentável’ para também fazer a sua parte na 11ª rodada do Campeonato Paulista. A ideia é comercializar todos os 12 mil ingressos para a torcida local, além dos três mil para os visitantes.

Acompanhando a movimentação do Botafogo, o Mirassol conversou com a Federação Paulista de Futebol para contar com o Futebol Sustentável no jogo decisivo contra o rebaixamento, mas a entidade alegou que não poderia assumir os custos da operação em cima da hora. Ainda assim, Edvaldo Ferraz, idealizador do programa, viajou até Mirassol e está auxiliando em todo o processo, emprestando o seu ‘know-how’ para o clube.

Para viabilizar o Futebol Sustentável, o Mirassol teve que buscar um parceiro para bancar os custos do programa, que segue os mesmos moldes: os torcedores trocam duas garrafas pet por um ingresso. A carga inicial ainda vai ser oficializada em entrevista coletiva. A média do clube no Campeonato Paulista é de 2,6 mil torcedores por jogo, mas a ideia é no mínimo dobrar esse número.

Mirassol solicita Futebol Sustentável para combater 'invasão' do Botafogo
Mirassol solicita Futebol Sustentável para combater 'invasão' do Botafogo
Tirando os grandes clubes do estado e o dérbi entre Ponte e Guarani em Campinas, esse jogo promete estar entre os grandes públicos do interior de São Paulo. Até o momento a marca é de outro jogo do Botafogo, contra a rival Ferroviária no clássico ‘Bota-Ferro’ da 3ª rodada, em que mais de seis mil pessoas estiveram no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, para ver a derrota por 2 a 1.

Mirassol e Botafogo brigam diretamente contra o rebaixamento no Campeonato Paulista. O time da casa tem nove pontos, duas vitórias e menos cinco gols de saldo, enquanto o adversário de Ribeirão tem sete pontos, duas vitórias e menos sete de saldo. Os visitantes ainda acompanham o São Caetano, que está na cola também com sete pontos, mas uma vitória a menos faltando duas rodadas.