Tarcísio Pugliese quer a chance de poder planejar a temporada do seu próximo clube

Jovem treinador não quer saber de descansar e já busca novo desafio para 2018

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - O técnico Tarcísio Pugliese (foto) já está focado na temporada 2018. De volta ao mercado, o jovem treinador tem conversado com pessoas ligadas ao esporte para voltar o mais rápido possível a trabalhar. O desejo de Pugliese é ter a chance de planejar a temporada do seu próximo clube. E nada melhor do que começar o trabalho já em 2017.

"O planejamento é vital para qualquer clube. Quando um técnico tem a chance de organizar toda a pré-temporada, integrar-se com a diretoria, o trabalho dá resultado. Estudei bastante, me preparei e, agora, quero colocar tudo em prática. Espero um clube que pense grande", comentou o treinador ao site Grande Área.

Mesmo sem clube, Tarcísio Pugliese não para. Além de palestras, ele já realizou cursos e também tem acompanhado de perto partidas pela TV e até mesmo no campo.

Mais de Tarcísio Pugliese!

Formado em Educação Física e Medicina Desportiva pela renomada Unicamp, Pugliese começou sua carreira no futebol em 1999, trabalhando como auxiliar técnico, nas categorias de base da Ponte Preta. Posteriormente, rodou alguns clubes do Brasil, na função de preparador físico, até 2006, como estreou como técnico no Guaçuano, de São Paulo.

Dentre as conquistas, estão dois títulos estaduais com a Luverdense, em 2007 e 2009. Em 2014, ele ainda foi campeão, pelo Icasa, da Taça Padre Cícero. Mas foi no Ituano que o jovem treinador se encontrou. Tarcísio Pugliese chegou ao Ituano em 2014 para disputa da Série D do Brasileiro e realizou uma grande campanha, chegando às oitavas de final ao ser eliminado nos pênaltis, no Maranhão, diante do Moto Club.

Em 2015 manteve o clube na elite do paulista ficando na 11ª posição, além de chegar à final da Copa Paulista após 13 anos, ficando com vice-campeonato. No mesmo ano realizou sua melhor campanha na Copa do Brasil e chegou às oitavas de final.

Já em 2016 o treinador teve seu contrato renovado pela diretoria do Ituano e realizou boa campanha no Paulistão (10ª posição), apenas a um ponto das quartas de final. Já no Brasileiro da Série D chegou às quartas de final. Em 2017, o treinador iniciou o Paulistão e deixou o clube na 10ª posição da classificação geral e, de quebra, se tornou o técnico que mais dirigiu o clube com 87 jogos oficiais.