Futebol Sustentável vira projeto insuperável nos estádios e cidades de São Paulo

Após sucesso na Segundona, a expectativa é por pedidos de clubes nas quartas de final da Copa Paulista

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 13 (AFI) – Depois do grande sucesso do projeto FUTEBOL SUSTENTÁVEL no Campeonato Paulista da Segunda Divisão, a expectativa é de que s campanhas possam ser repetidas a partir das quartas de final da Copa Paulista. A competição vai ter domingo cedo a sexta e última rodada da segunda fase.

Como já aconteceu em anos anteriores, o FUTEBOL SUSTENTÁVEL tem sido um sucesso em vários sentidos. O principal mesmo é a volta dos torcedores aos estádios, principalmente as famílias, com presenças de mulheres e crianças.

Guaratinguetá abraçou o Manthiqueira, agora chamado de Laranja Mecânica
Guaratinguetá abraçou o Manthiqueira, agora chamado de Laranja Mecânica

O ‘case’ mais recente foi mesmo a final da Segundona, quando o Manthiqueira recebeu o EC São Bernardo no estádio Dario Rodrigues Leite, na cidade de Guaratinguetá. Foram mais de seis mil torcedores e uma festa ampla, coroada com a distribuição de bexigas laranjas (cor do time da casa) para a torcida carente após os desmandos do antigo Guaratinguetá, que seguidos rebaixamentos.

APOIO DA FEDERAÇÃO
Criado e idealizado pelo presidente da federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, o Sustentável já ultrapassou a marca de um milhão de torcedores nos estádios do Estado de São Paulo, principalmente no Interior.

Reinaldo Carneiro (FPF) e Edivaldo Ferraz na decisão da Segundona em Guartinguetá
Reinaldo Carneiro (FPF) e Edivaldo Ferraz na decisão da Segundona em Guartinguetá

“No total já visitamos mais de 80 cidades e a nossa equipe já ultrapassou a marca de 100 mil quilômetros rodados” – assegura Edivaldo Ferraz, da empresa E&L Marketing, responsável pela execução do programa.

Ele não tem dúvida em apontar o presidente da FPF como grande responsável pelo projeto, que visa resgatar o torcedor dentro da nova gestão imposta há dois anos na entidade máxima do futebol paulista.

“O presidente Reinaldo está fazendo um trabalho sério e importante para os clubes em sua nova gestão. O projeto atende a clubes filiados independente da divisão a que ele pertença. É, portanto, um projeto democrático” – concluiu Ferraz.

PRESIDENTES DÃO APOIO
A reação também reflete na opinião dos dirigentes dos clubes. Como o presidente Dado, do Manthiqueira, que de repente viu a sua cidade se transformar na torcida do Manthiqueira – ‘Laranja Mecânica’.

Emernegildo: Mirassol na elite graças ao Sustentável
Emernegildo: Mirassol na elite graças ao Sustentável

“Infelizmente a cidade ficou órfão do Guaratinguetá. E o Manthiqueira está, aos poucos, preenchendo este vazio. Fomos campeões e vamos disputar a Série A3 e tenho certeza de que nada seria possível se não aderíssemos ao Futebol Sustentável. O projeto movimentou a cidade e encheu nosso estádio” – atestou.

Um dos clubes que mais sentiu a força do SUSTENTÁVEL nesta temporada foi o Mirassol, que levou grandes públicos durante o Campeonato Paulista.

"A casa ficou cheia e vencemos jogos importantes, que no final nos garantiram na elite estadual em 2018" - afirma Edson Emergenildo, presidente do Mirassol.

Equipes de apoio são montadas em cada cidade com participação dos clubes
Equipes de apoio são montadas em cada cidade com participação dos clubes

QUAL O SEGREDO ?
O que alguns dirigentes ainda não entenderam é que a presença do Sustentável na cidade é uma ação, acima de tudo, de marketing, que movimenta com sua população e sua torcida, além de promover o jogo a ser disputado.

Durante a semana, uma equipe especializada chega na cidade com carros de som, espalhando cartazes e abrindo pontos de troca de garrafas pets por ingressos. Além disso, é investido na Imprensa Local que divulga o evento (o jogo) e não há como não ter torcida no estádio.

MAIS BENEFÍCIOS

Divulgação e promoção dos eventos acabaram envolvendo a comunidade e a cidade
Divulgação e promoção dos eventos acabaram envolvendo a comunidade e a cidade

Aliado a tudo isso, há ainda o benefício gerado ao clube que recebe em torno de R$ 5 por ingressos distribuído. Os jogos da Segundona, por exemplo, tiveram um aumento entre 600 e 700%. Alguns passaram de 500 em média para até cinco mil torcedores.

Há ainda o benefício ambiental, porque já foram retirada do meio ambiente mais de um milhão de garrafas pets. Toda a arrecadação é destinada a entidades ou associações da cidade. A venda d produto é revertido para estas entidades.

COMO PARTICIPAR
É muito fácil participar do FUTEBOL SUSTENTÁVEL. É apenas necessário solicitar, pessoalmente ou através de ofício, um pedido à presidência da FPF. Isso é o que alguns clubes da Copa Paulista devem fazer rapidamente. Mesmo porque a competição entra na sua reta final e todos querem ser finalistas.

Caberá aos finalistas uma vaga na Copa do Brasil e outra no Brasileiro da Série D.

Um verdadeiro 'mar de garrafas plásticas' é retirada do meio ambiente com o Sustentável
Um verdadeiro 'mar de garrafas plásticas' é retirada do meio ambiente com o Sustentável