Após fazer história no Novorizontino, Guilherme Alves procura novo clube

O treinador já iniciou conversas com diretores e empresários visando seu trabalho e conhecimento em um clube do Brasileirão ou Série B

por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 01 (AFI) - Após fazer história no Novorizontino, o técnico Guilherme Alves, está disponível no mercado para comandar clube no Brasileiro das Série A e B. O treinador que deixou o clube após a ótima campanha no Paulistão, pois não terá calendário nesse segundo semestre, já iniciou conversas com diretores e empresários visando seu trabalho e conhecimento em um clube do Brasileirão ou Série B.

O treinador que completaria três anos de trabalho no Novorizontino, fez história no clube com seus belos trabalhos, conquistas, acessos e fidelidade à diretoria, pois durante competições tanto da Série A2 de 2015 e Paulistão de 2016 o treinador recebeu propostas de outros clubes, mas permaneceu. Sempre houve respeito tanto do técnico como da diretoria e não é descartada sua volta para 2017.

“Tivemos um reunião onde decidimos que após o Paulistão eu poderia estar acertando com algum clube, pois o Novorizontino não vai ter nenhum tipo de competição para disputar e eu tenho que estar no mercado, pois a vida segue e espero que nos próximos dias possamos estar definindo nossa situação”, disse o treinador.

Após boa passagem pelo Novorizontino, Guilherme Alves está a procura de novo clube - Divulgação
Após boa passagem pelo Novorizontino, Guilherme Alves está a procura de novo clube

HISTÓRIA
Tudo começou em 2013 quando Guilherme Alves chegou ao Novorizontino em um grande projeto de colocar o clube na vitrine do futebol brasileiro.

Antes disso, o treinador já havia realizado um grande trabalho no Marília e foi o grande responsável pela montagem da equipe que conquistou o acesso à Série A2 do Campeonato Paulista.

CHEIO DE CONQUISTAS
Em cinco anos de carreira, o treinador, que começou em 2011 no Ipatinga-MG, já conquistou dois acessos consecutivos, um título da Série A3 do Campeonato Paulista e um vice-campeonato da Série A2.

Nos três anos que dirigiu o Novorizontino, o técnico Guilherme Alves alcançou a marca de 59 jogos oficiais. Foram 28 vitórias, 19 empates e apenas 12 derrotas, com aproveitamento de 58,19%. Nas três competições que esteve dirigindo o clube, Série A1, A2 e A3, o ponto forte da sua equipe sempre foi o ataque, que marcou 105 gols.

No Paulistão desse ano seu ataque, o quinto melhor da competição, marcou 24 gols e ficou apenas atrás de Santos, Corinthians, Palmeiras e Osasco Audax. Sua equipe também teve a maior série de invencibilidade na competição com seis jogos, além de ter ficado apenas a um ponto das quartas de final.

 
 
" />