Comissão técnica do Novorizontino participam de curso de Primeiros Socorros

O curso foi ministrado por Rogério Ferreira de Sousa e Ricardo Alexandre do Nascimento, bombeiros brigadistas da Usina Estiva

O curso foi ministrado por Rogério Ferreira de Sousa e Ricardo Alexandre do Nascimento, bombeiros brigadistas da Usina Estiva

Por: Agência Futebol Interior, 07/07/2017

0002050252491 img

Novo Horizonte, SP, 07 (AFI) – As comissões técnicas das categorias de base do Grêmio Novorizontino passaram por um curso de primeiros socorros, que foi ministrado por Rogério Ferreira de Sousa e Ricardo Alexandre do Nascimento, bombeiros brigadistas da Usina Estiva.

O curso consistiu em mostrar como lidar em um caso de emergência, como parada cardíaca, queimaduras e outros acidentes que podem acontecer no dia-a-dia de um clube de futebol. Além de passar a teoria, os responsáveis pela palestra, Rogério e Ricardo mostraram exemplos práticos para os presentes e ensinaram como agir diante de uma situação de risco. Os palestrantes também levaram instrumentos que são usados no dia-a-dia da corporação e os funcionários do Novorizontino puderam ter a experiência de manusear cada um deles.

O curso foi ministrado por Rogério Ferreira de Sousa e Ricardo Alexandre do Nascimento, bombeiros brigadistas da Usina Estiva

O curso foi ministrado por Rogério Ferreira de Sousa e Ricardo Alexandre do Nascimento, bombeiros brigadistas da Usina Estiva

Para Rogério, o conhecimento é de suma importância em momentos de emergência: “O aprendizado de APH (Atendimento Pré-hospitalar) é essencial para todos nós. Uma vez que recebido o conhecimento, podemos sempre estar preparados para situações de emergência, das mais diversas. Evitando grandes transtornos e até salvando a vida das pessoas envolvidas”, explicou.

TODOS PARTICIPARAM
Além das comissões técnicas, quem também participou do curso, foram as cozinheiras do Novorizontino, além da Nutricionista Laylan Kamila dos Santos, que falou sobre a importância do encontro. “Foi muito produtivo para todos. Para nós, da cozinha, foi um aprendizado muito grande para nosso dia-a-dia. Agora sabemos como devemos agir em caso de necessidade”, disse.

Para o Coordenador das Categorias de Base do Novorizontino, Marildo Campos Ferreira, é sempre bom ter o máximo de informações para casos emergenciais. “A ideia é evoluirmos através do conhecimento. O curso de primeiros socorros qualifica para um atendimento imediato em qualquer circunstância”, afirmou.

Além disso, Marildo acredita que, tendo a informação, os funcionários saberão como agir. “Podemos minimizar o sofrimento em um possível acidente e até mesmo garantir a vida, seja nos treinos, alojamento ou em qualquer outro ambiente”, finalizou.