Chapecoense mostra à Ponte Preta que dá pra disputar simultaneamente duas competições

Time catarinense foi bem no Campeonato Brasileiro e Sul-Americana

por ARIOVALDO IZAC - Campinas

O parceiro João da Teixeira mandou bem quando avaliou que a comissão técnica da Chapecoense soube compatibilizar Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana de forma que ambas competições tivessem prioridade, com pequenas adaptações.

Quando foi inevitável, foram poupados sim alguns titulares, todavia sem aquele exagero visto por uns e outros por aí que colocaram equipes inteiramente reservas numa competição de vital importância como o Campeonato Brasileiro.

Claro que agora, livre de risco de rebaixamento no Brasileirão, o time catarinense concentra forças na 'Sula' por motivo plenamente justificável, visto que o Nacional da Colômbia é páreo duro.

A Chapecoense deu uma lição à Ponte Preta que não era preciso desprezar o Brasileirão para avançar na competição internacional.

Doravante, convencionando-se a hipótese de a Ponte novamente garantir vaga à Sul-Americana, que tenha juízo e se paute no exemplo dos catarinenses.

DOIS JOGOS

Fazer boleiro jogar duas vezes por semana, de vez em quando, não é um absurdo. Era usual em outras épocas.

É preciso, sim, ter exato termômetro para medir corretamente a temperatura de duas competições distintas.

Está provado que uma coisa não invalida a outra.

ROGÉRIO CENI

Quem achou inoportuno o tema em foco, que espontaneamente faça citações sobre Rogério Ceni como técnico do São Paulo.

Não me atrevo a antecipar comentário, mesmo conhecendo a personalidade dele. Precisaria inicialmente ser experimentado na função, preferencialmente em equipe de menor expressão ou na condição de auxiliar-técnico no próprio São Paulo. Aí, posteriormente poderia entrar de vez na roda.

ARIOVALDO IZAC
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos