Paulista
A1
A2
A3

Onde Anda: Claudiomiro, ex-zagueiro de Santos e Grêmio


Publicado na quinta-feira,
28 de fevereiro de 2008

Campinas, SP, 28 (AFI) – Claudiomiro (foto) é mais um ex-jogador que veio parar o interior de São Paulo. Junto com Argel, atual técnico do Mogi Mirim, ele revive, fora das quatro linhas, a temível dupla de zagueiros do Santos de 2001. O eterno Bombeiro da Vila, apelido que ganhou devido à sua polivalência, é auxiliar técnico do ex-parceiro no Sapão.

Eles chegaram há dez dias no clube. É a primeira experiência de ambos como “comandantes” após encerrarem a carreira de jogador. Antes de ser auxiliar, Claudiomiro teve um curto período como empresário de jogadores, no Sul do país, mas sem muito sucesso.

Quando atleta, Claudiomiro Salenave Santiago, hoje com 36 anos, defendeu, além do Santos, as cores do Grêmio, Coritiba, Grêmio Santanense, seu primeiro clube, e Vitória, onde encerrou a carreira, em 2005.

Iniciou sua trajetória no futebol como volante, depois foi recuado por Leão, no Santos, em 2001, e chegou a atuar até de lateral-esquerdo. Foi um daqueles jogadores que superaram a deficiência técnica com um grande poder de marcação e garra.

Ostenta com orgulho, até hoje, o fato de suceder Rincón como capitão do Peixe, após a saída do colombiano da Vila, em 2001. Apesar de reconhecido nacionalmente, nunca chegou à Seleção Brasileira.

Depois da chegada de Argel e Claudiomiro, o Mogi Mirim entrou nos eixos – poderia ser diferente?. Os eternos xerifões da Vila ainda estão invictos: foram duas vitórias consecutivas e um empate, colocando o time no G8 – grupo que avança à próxima fase - do Campeonato Paulista da Série A2.

 
Agência Futebol Interior
 
Compartilhe


 Veja Mais 
Listar todas
Quem Somos
|
Fale Conosco
|
Expediente
|
Anuncie no FI
|
Política de Privacidade e Uso
|
Anunciantes
© Copyright 1999-20102 Futebol Interior - Todos os direitos reservados