Brasileiro
A
B
C

Ex-goleiro do Flamengo, Bruno é condenado a quatro anos de prisão

No entanto, o julgamento ainda não é referente ao desaparecimento de Eliza Samudio

Publicado na terça-feira,
7 de dezembro de 2010

Rio de Janeiro, RJ, 07 (AFI) - Em julgamento realizado na madrugada desta terça-feira, o ex-goleiro Bruno (foto) acabou sendo condenado a quatro anos e seis meses de prisão. A decisão foi decretada pelo juiz Marco Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá.

 Confira! 

No entanto, o julgamento ainda não é referente as acusações que aconteceram no segundo semestre deste ano, quando a Polícia Civil de Minas Gerais colocou o ex-camisa 1 rubronegro como o principal suspeito de Eliza Samudio, sua ex-amante e com quem teria um filho.

Bruno acabou sendo julgamento pelos crimes de cárcere privado, lesão corporal e constrangimento ilegal. Em outubro do ano passado, Elisa Samudio declarou que foi obrigada pelo goleiro a tomar remédio para aborto, além de ter sido ameaçada de morte.

Quem também acabou sendo condenado nesta terça-feira foi Luiz Henrique Ferreira Romão, mais conhecido como Macarrão e fiel escudeiro de Bruno. Ele acabou pegando três anos de prisão e também está envolvido no desaparecimento de Eliza Samudio.

O assunto veio a tona no segundo semestre deste ano, quando o goleiro passava uma grande fase no Flamengo e ainda sonhava com a Copa do Mundo de 2014. No entanto, depois do escândalo, ele acabou tendo seu contrato rescindido e desde então está preso, esperando a resolução do caso.

 
Agência Futebol Interior
 
Compartilhe


 Veja Mais 
Listar todas
Quem Somos
|
Fale Conosco
|
Expediente
|
Anuncie no FI
|
Política de Privacidade e Uso
|
Anunciantes
© Copyright 1999-20102 Futebol Interior - Todos os direitos reservados