Torcida gay do Arsenal declara apoio a Gaivotas da Fiel: 'Vão chegar lá'

Torcida homossexual do Arsenal é reconhecida pelo clube e possuia 100 integrantes

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 01 (AFI) – A primeira torcida organizada gay do Corinthians, a Gaivotas da Fiel, ganhou apoio internacional. Fundador da Gay Gooners, do Arsenal, Stweart Selby, anunciou apoio à causa do organizada homossexual do Timão.

Gay Gooners tem espaço próprio no Emirates

“Eu quero falar para a torcida gay do Corinthians que os Gay Gooners mandam apoio. Gostaria de poder trabalhar junto. Vocês vão chegar lá e vão mudar algo”, declarou, em entrevista Bandsports.

Ao contrário do que tem ocorrido com a Gaivotas, a Gay Gooners ganhou reconhecimento até mesmo na página oficial do Arsenal, que apoia a causa, assim como boa parte de seus torcedores. No Brasil, os clubes ainda não demonstraram apoio público e há ameaça das organizadas.

Homossexual assumido, o jornalista Felipeh Campos anunciou, há três semanas, a criação da Gaivotas da Fiel no programa Agora É Tarde com Danilo Gentili”, da TV Band. O fundador da organizada gay ficou famoso por ter interpretado o personagem Pablo, que fazia dublagens no programa “Qual é a Música”, apresentado por Silvio Santos, no SBT.

Gaivotas já possui página no Facebook

O anúncio causou tamanha repercussão, que Campos afirmou que cerca de 500 mil pessoas já anunciaram a intenção de associar à Gaivotas. No Facebook, a página oficial já possui quase 3 mil curtidas. E ele pretende lutar até na Justiça para ter o direito de ver o grupo adentrar aos jogos do Corinthians.

Na terça-feira, Campos voltou a criar polêmica ao tascar um selinho no ídolo corintiano Biro Biro, que marcou época ao integrar a Democracia Corintiana. Isso aconteceu durante o programa Encontro de Craques, da Bandsports, nesta terça-feira.