Copa Paulista: Atacante do Votuporanguense pega 26 jogos de suspensão

"Vamos entrar com um recurso. É um absurdo a pena imposta ao atleta", disse um dos dirigentes do clube

por Oscar Silva -

Votuporanga, SP, 18 (AFI) - Julgado na noite da última segunda-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), pela expulsão e confusão no confronto entre Votuporanguense e Red Bull Brasil, pela Copa Paulista, o atacante Anderson Cavalo, do CAV, pegou um gancho de 26 jogos. O atacante Faísca teve mais sorte e pegou dois jogos de suspensão.

A diretoria da Alvinegra vai recorrer da decisão. "Vamos entrar com um recurso. É um absurdo a pena imposta ao atleta e vamos pedir efeito suspensivo para que eles possam jogar contra o XV de Piracicaba", disse o dirigente votuporanguense.

Anderson Cavalo foi suspenso por 26 jogos pelo TJD, após incidente no confronto entre Votuporanguense e Red Bull Brasil
Anderson Cavalo foi suspenso por 26 jogos pelo TJD, após incidente no confronto entre Votuporanguense e Red Bull Brasil
FUTEBOL SUSTENTÁVEL
Pelas quartas de final da Copinha, o time dirigido pelo técnico Ito Roque joga no próximo sábado, às 16 horas, em Votuporanga, na Arena Plínio Marin, contra o XV de Piracicaba. O jogo de volta acontece no próximo dia 28, no Barão de Serra Negra. O duelo do próximo sábado mais uma vez fará parte da promoção Futebol Sustentável.

A iniciativa é da Federação Paulista de Futebol, administrada pelo presidente Reinaldo Carneiro Bastos, idealizado pelo empresário Edivaldo Ferraz, de E&L Marketing Esportivo. A entidade paulista destinou para o embate dois mil ingressos.

RETORNOS
Para encarar o Nhô Quim, Roque não poderá contar com o meia Paulo Josué, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Comercial. Em compensação, estão de volta o zagueiro Marcelo Godri e os volantes Xaves e Kleber.