Fim da novela! Marinho não ficará no Vitória e revela destino

"A proposta que eu tive é surreal para o Brasil. O Vitória fez uma proposta, mas não chegou nem perto", afirmou

por Agência Estado

Salvador, BA, 05 (AFI) - Após muitas negociações, Marinho, enfim, se pronunciou sobre seu destino. O Atacante fez um pronunciamento na manhã desta quinta-feira e afirmou que não seguirá no Vitória. Pretendido pelo Flamengo, o jogador disse que não ficará no Brasil, mas não revelou clube e nem o país para o qual se mudará.

"A proposta que eu tive é surreal para o Brasil. O Vitória fez uma proposta, mas não chegou nem perto", afirmou Marinho, que não deixou claro qual time de fora do Brasil o procurou, mas confirmando que não vai permanecer no clube baiano e nem vai se transferir para o Flamengo, que era o principal time do futebol brasileiro interessado na sua contratação.

PROVÁVEL DESTINO
Embora Marinho não tenha especificado o país em que vai atuar, a tendência é de que o atacante se transfira para o futebol da China, que tem investido na contratação de jogadores estrangeiros, especialmente de destaques sul-americanos. "A gente está fechando um ciclo aqui. Sou muito grato ao Vitória, mas a proposta que chegou, não tem como", acrescentou.

Embora Marinho não tenha especificado o país em que vai atuar, a tendência é de que o atacante se transfira para o futebol da China - Reprodução
Embora Marinho não tenha especificado o país em que vai atuar, a tendência é de que o atacante se transfira para o futebol da China

Marinho apenas realizou o seu comunicado de despedida, sem permitir questionamentos da imprensa. Por isso, o mistério permanece, ainda mais que a diretoria do Vitória já adiantou que não pretende liberar o jogador sem o pagamento do valor da multa rescisória. Além disso, ele tem contrato com o clube até o final de 2018.

No Vitória desde o ano passado, Marinho marcou 12 gols no Campeonato Brasileiro, sendo o principal jogador do clube na competição, com participação decisiva na sua manutenção na elite. Agora o seu destino parece próximo de uma definição e não será o Brasil.