F1: Hamilton vê 'chances bem impossíveis' de título, mas promete não desistir

O próprio inglês reconhece o amplo favoritismo do colega de Mercedes e rival

por Agência Estado

São Paulo, SP - Lewis Hamilton fez sua parte e venceu o GP do Brasil no último dia 13, mas a segunda colocação de Nico Rosberg deixou o alemão com as mãos no título da temporada 2016 da Fórmula 1. O próprio inglês reconhece o amplo favoritismo do colega de Mercedes e rival, mas promete não desistir às vésperas da última etapa do calendário, em Abu Dabi.

"Não tem sido uma temporada perfeita e estou diante de chances bem impossíveis, independentemente do que eu fizer neste fim de semana. Mas eu não posso e nem vou desistir. Você nunca sabe o que pode acontecer, mesmo que pareça muito improvável. Eu estarei orgulhoso de mim mesmo e do que alcancei enquanto sentir que dei o meu melhor", declarou.

Com o resultado em Interlagos, Rosberg manteve boa vantagem na liderança da temporada, com 367 pontos contra 355 de Hamilton. Para conquistar o título, o inglês teria que vencer em Abu Dabi, no domingo, e torcer para seu maior rival não terminar entre os três primeiros.

"Independentemente do que acontecer, estou orgulhoso de todo mundo que fez parte do sucesso que dividimos nos últimos anos. Estou me aproximando deste fim de semana da mesma forma que faço em toda corrida. Eu quero vencer e darei o máximo para terminar a temporada em alta", afirmou.