MotoGP: Lorenzo lidera em Motegi em treino marcado por acidentes; Pedrosa sofre fratura

Pedrosa, que tem histórico de lesões nas duas clavículas, será submetido a uma cirurgia no local, na Espanha

por Agência Estado

Campinas, SP, 14 - O espanhol Jorge Lorenzo foi o mais rápido desta sexta-feira, nos treinos livres de preparação para a etapa de Motegi (Japão) da MotoGP. O piloto da Yamaha obteve o melhor tempo do dia na segunda sessão livre, marcada por seguidos acidentes. No mais grave deles, o também espanhol Dani Pedrosa foi arremessado de sua Honda e acabou sofrendo uma fratura na clavícula direita.

Nos minutos finais da sessão, Pedrosa entrava na curva 11 quando sofreu forte desaceleração e "voou" para fora da pista. "Eu estava na minha última volta quando perdi momentaneamente a traseira. E, quando o pneu voltou a ganhar aderência na pista, fui lançado no ar", lamentou o piloto da Espanha.

CIRURGIA
Pedrosa, que tem histórico de lesões nas duas clavículas, será submetido a uma cirurgia no local, na Espanha. Assim, não poderá correr em Motegi e deve ficar de fora também das duas próximas corridas, na Austrália e na Malásia. No Japão, o espanhol será substituído pelo japonês Hiroshi Aoyama, piloto de testes da Honda.

Em quarto lugar no campeonato, Pedrosa deixa oficialmente a briga pelo título, embora suas chances de chegar ao troféu já eram praticamente inexistentes. A etapa de Motegi é a 15ª de 18 corridas desta temporada. "Agora eu só quero focar na minha recuperação para voltar o mais rápido possível à minha moto", disse Pedrosa.

O espanhol Dani Pedrosa foi arremessado de sua Honda e acabou sofrendo uma fratura na clavícula direita
O espanhol Dani Pedrosa foi arremessado de sua Honda e acabou sofrendo uma fratura na clavícula direita
Sem o azar do compatriota, Jorge Lorenzo exibiu força diante dos rivais nesta segunda sessão de treinos. Cravou o melhor tempo do dia, com a marca de 1min45s151. No primeiro treino do dia, havia sido o terceiro colocado, atrás do italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, e do compatriota Marc Márquez, líder do campeonato.

SEGUNDA SESSÃO
Na segunda sessão, porém, a situação de inverteu. Dovizioso foi o segundo colocado da sessão e também do dia, com 1min45s204, e Márquez, da Honda, foi apenas o quarto mais veloz, com 1min45s303. O espanhol Maverick Viñales, da equipe Suzuki Ecstar, foi o terceiro, com o tempo de 1min45s248.

Vice-líder do Mundial, o italiano Valentino Rossi exibiu desempenho discreto nesta sexta. Foi o quarto mais veloz da sessão inicial e, na segunda, não passou do sétimo posto, com o tempo de 1min45s532.

O Top 10 do dia teve ainda o italiano Danilo Petrucci (OCTO Pramac), com 1min46s172, o próprio Pedrosa, com 1min46s227, e o também espanhol Pol Espargaró (Yamaha Tech 3), com 1min46s245.

A segunda sessão de treinos em Motegi foi marcado por diversas quedas. O alemão Stefan Bradl, Pol Espargaró, o irlandês Eugene Laverty e o próprio Márquez, candidato ao título, foram ao chão nesta sexta, em acidentes de menor gravidade. Todos devem disputar normalmente o treino classificatório na madrugada deste sábado, a partir das 2h10 (horário de Brasília).

TÍTULO ANTECIPADO
Líder disparado do campeonato, Márquez tem em Motegi a primeira chance de sacramentar o título da temporada 2016. Para tanto, precisará vencer e torcer por resultados ruins de Rossi e Lorenzo. O italiano não poderia passar do 15º posto, enquanto Lorenzo teria que ficar de fora do pódio, tornando improvável a conquista antecipada de Márquez neste domingo. Ele soma 248 pontos, Rossi tem 196 e Lorenzo, 182.