Fórmula 1: Rosberg voa e crava pole do GP de Cingapura; Hamilton sairá em terceiro

Daniel Ricciardo da Red Bull fez o segundo melhor tempo, alemão tem grandes chancess de assumir a liderança do campeonato

por Agência Estado

Campinas, SP, 17 - O alemão Nico Rosberg voou baixo no treino classificatório do GP de Cingapura, neste sábado, e garantiu com facilidade a pole position para a prova que acontecerá no domingo. No circuito de Marina Bay, o alemão da Mercedes completou a melhor volta em 1min42s584 e conseguiu a primeira colocação no grid, que promete colocar fogo de vez no Mundial de Fórmula 1.

Não bastasse ter levado a melhor na atividade, Rosberg ainda viu seu companheiro de equipe e principal rival, Lewis Hamilton, marcar apenas o terceiro tempo do dia, que lhe fará largar na segunda fila. Isso porque o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, surpreendeu e conseguiu a segunda colocação na sua última tentativa na pista.

Rosberg larga na pole no GP de Cingapura de Fórmula 1
Rosberg larga na pole no GP de Cingapura de Fórmula 1
O resultado não poderia ser melhor para Rosberg, vice-líder do Mundial de Pilotos com 248 pontos, dois atrás do líder Hamilton. Vindo de duas vitórias consecutivas, na Bélgica e na Itália, o alemão, com a pole, vai para a prova deste domingo, às 9 horas (de Brasília), com o favoritismo e com grandes chances de recuperar a ponta da tabela.

BRASILEIROS NÃO FORAM BEM
Se Rosberg pôde comemorar, os pilotos brasileiros não tiveram motivos para festa neste sábado. Felipe Nasr mais uma vez ficou de fora logo no Q1 e sairá somente na 18.ª posição, após marcar 1min46s860. Já Felipe Massa parou no Q2 e vai largar em 12.º. Neste sábado, o piloto da Williams fez sua volta mais rápida em 1min44s991.

O Q1 deste sábado trouxe uma grande surpresa com a queda de Sebastian Vettel. Vencedor do GP de Cingapura no ano passado, quando também cravou a pole no treino de classificação, o piloto da Ferrari desta vez sofreu com um problema mecânico em seu carro, ficou quase cinco segundos atrás dos primeiros colocados e terminou na última colocação.

O dia, mais uma vez, também não foi bom para Felipe Nasr. O brasileiro sofreu novamente com o baixo nível de sua Sauber, cravou somente o 18.º tempo e ficou de fora do Q2. Para piorar, seu companheiro de equipe, Marcus Ericsson, avançou após ser quatro décimos mais rápido que Nasr.

Se um brasileiro já havia ficado de fora, o outro também disse adeus no Q2. Felipe Massa marcou o 12.º tempo com sua Williams e reclamou bastante por considerar que alguns pilotos fizeram as melhores voltas com a bandeira amarela, após acidente de Romain Grosjean.

A direção de prova, no entanto, não ouviu os apelos do brasileiro e da Williams e considerou normal o resultado. Por conta do choque de Grosjean na barreira de pneus, o Q3 foi atrasado em 10 minutos, para que a organização pudesse arrumar o local atingido pelo carro do francês.

No Q3, esperava-se mais uma intensa disputa entre as Mercedes de Rosberg e Hamilton, mas o alemão tratou de acabar com esta expectativa logo de cara. Conseguiu uma incrível volta de 1min42s584. Para se ter uma ideia, a marca foi mais de um segundo melhor que a de Vettel no ano passado, quando conseguiu a pole com 1min43s885.

Hamilton decepcionou e ficou sete décimos atrás de seu companheiro. E não só perdeu a pole, como com o cronômetro já zerado viu Ricciardo também ultrapassá-lo. O australiano surpreendeu e se meteu no meio das Mercedes com o tempo de 1min43s115, contra 1min43s288 do inglês.

Confira o grid de largada do GP de Cingapura:

1º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min42s584

2º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min43s115

3º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min43s288

4º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min43s328

5º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min43s540

6º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), 1min44s197

7º - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), 1min44s469

8º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 1min44s479

9º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min44s553

10º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min44s582

11º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), 1min44s740

12º - Felipe Massa (BRA/Williams), 1min44s991

13º - Jenson Button (ING/McLaren), 1min45s144

14º - Esteban Gutiérrez (MEX/Haas), 1min45s593

15º - Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min45s723

16º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min47s827

17º - Kevin Magnussen (DIN/Renault), 1min46s825

18º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), 1min46s860

19º - Jolyon Palmer (ING/Renault), 1min46s960

20º - Pascal Wehrlein (ALE/Manor), 1min47s667

21º - Esteban Ocon (FRA/Manor), 1min48s296

22º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min49s116