Fórmula 1: Após final emocionante, Ricciardo festeja 2º lugar e 'prova perfeita' na Ásia

Autraliano da Red Bull ficou atrás de Rosberg que assumiu a liderança do campeonato, e a frente de Hamilton que caiu para segundo

por Agência Estado

Campinas, SP, 18 - Daniel Ricciardo foi o segundo colocado no GP de Cingapura deste domingo com um belo desempenho, cruzando a linha de chegada a menos de 0s5 de diferença para o líder Nico Rosberg, da Mercedes. O australiano da Red Bull descartou a decepção e se disse muito satisfeito pela sua performance na prova.

"Eu estou aqui muito feliz porque acho que fiz tudo o que podia. A corrida perfeita. Se tinha algo que poderia melhorar era a largada, mas Nico largou muito bem. Então mesmo que fizesse uma largada incrível, eu não conseguiria passá-lo", comentou Ricciardo, em entrevista coletiva no circuito de Marina Bay.

Daniel Ricciardo foi o segundo no GP de Cingapura
Daniel Ricciardo foi o segundo no GP de Cingapura
CIRCUITO FECHADO
O traçado de Cingapura apresenta poucos pontos de ultrapassagem e a estratégia de corrida foi a arma utilizada pela Red Bull para tentar superar as Mercedes. Com três paradas, Ricciardo conseguiu diminuir uma diferença que chegou a quase 30 segundos durante a prova para 0s488 no momento da bandeira quadriculada.

"Nós chegamos muito perto este ano em diversas ocasiões. Mas não vou sentar aqui desapontado. Acho que tivemos uma boa chance, tentamos algo diferente no final com a estratégia e encostamos a meio segundo. Foi perto, mas estamos aqui no pódio de novo e me sinto ótimo", sorriu o australiano.

"Mesmo em uma pista difícil de ultrapassar, foi legal poder pisar fundo até a última volta e colocar uma pressão em Nico, dando à torcida um pouco de esperança", finalizou Ricciardo, terceiro colocado do Mundial de Pilotos, com 179 pontos.